Frame by Frame Marvel's Daredevil TV

Daredevil – 3×11 – Reunion

CONTÉM SPOILERS!!!

Dentro da indústria televisiva, existe o conceito de bottle episodes. Este é o nome que se dão aos episódios que, para pouparem no orçamento, limitam as suas histórias a apenas um espaço físico. É um sistema que funciona às vezes para algumas séries, mas que não funciona lá muito bem para outras. Este 11º episódio de Daredevil parte parcialmente desse mesmo princípio, com resultados mais do que satisfatórios.

Com o FBI mesmo no seu encalce, Matt (Charlie Cox) e Karen (Deborah Ann Woll) refugiam-se nas catacumbas da igreja; Poindexter (Wilson Bethel) está cada vez mais a tornar-se mais instável; e Fisk (Vincent D’Onofrio) prontifica-se a adquirir um objeto do seu interesse.

Daredevil 3x11

Durante uma boa parte da temporada, a relação entre Matt e os seus aliados tem sido colocada em questão, com o primeiro a ser um verdadeiro parvo com eles (sim, não existe outra palavra fina para descrever a atitude que este tem mostrado até agora). Se ainda houveram alguns momentos enternecedores entre Matt e Foggy (Elden Henson), o mesmo não se aplica a Matt e Karen, que têm estado praticamente afastados. Felizmente, o facto de estes dois ex-amantes estarem debaixo do mesmo teto não só lhes coloca uma missão de sobrevivência perante ondas e ondas de agentes do FBI dispostos a encontrá-los, mas também oportunidades para estes dois terem uma conversa séria sobre a sua situação.

Charlie Cox Deborah Ann Woll já tinham dados provas da química sentida entre os dois personagens, e este episódio volta a servir desse testamento. E o mesmo se aplica quando os dois – com a ajuda valiosa de vários aliados – se reúnem com Foggy. Parece que estamos perante o renascimento da Nelson & Murdock, Avocados at Law.

Daredevil 3x11

Este também serviu de episódio fulcral para Ray (Jay Ali). Apesar de ser mais um dos “paus mandados” de Wilson Fisk, é bom ver que, dentro de uma FBI completamente corrompida de forma surpreendente, existe alguém cuja bússola moral continua em bom funcionamento, ainda que isto possa implicar que os seus dias de vida estejam praticamente contados. Em contraposição, Poindexter falhou na sua missão e agora está desesperado para cumprir a tarefa pendente. Será este o ponto de viragem, em que o seu auto-controlo estará perdido por completo? Não se sabe, mas o seu trajeto não deixa de ser interessante, como se, de todos os membros do exército de Fisk, Poindexter é o único que possui uma sensação de lealdade.

Daredevil 3x11

Entretanto, Fisk não fez exatamente durante o episódio inteiro. No entanto, isso não quer dizer que o pouco que fez não tenha exatamente impacto. Aqui, Fisk moveu mundos e fundos para poder reaver um pertence seu. Ainda que este progresso não tenha levado a lado nenhum (se bem que podemos esperar algum revés eventualmente). Mas este é um Fisk que agora se encontra em completo controlo de tudo à sua volta, e é impossível não nos sentirmos assustados com o que ele poderá fazer. Num momento, pode parecer um homem bem educado; noutro, este poderá espancar alguém até à morte só porque assim o pode, e sem sofrer quaisquer represálias.

Com a terceira temporada prestes a chegar à sua conclusão, este semi-bottle episode conseguem colocar as peças deste jogo de xadrez no sítio certo. O que daqui sairá? Só podemos esperar para ver.

Não se esqueçam de conferir o nosso Frame By Frame do episódio anterior de Daredevil aqui.

0 83 100 1
83%
Average Rating

Bottle episodes, nunca vista geral, poucas vezes dão bons resultados. Este episódio de Daredevil toma uma semi-abordagem a este sistema, e os resultados estão repletos de tensão e momentos importantes.

  • 83%

Comments