Frame by Frame Marvel's Daredevil TV

Daredevil – 3×10 – Karen

Daredevil 3x10

CONTÉM SPOILERS!!!

Em muitas séries, já tivemos direitos a momentos em forma de flashback que ajudam a explorar as suas personagens. Daredevil não é exceção, com vários episódios a servirem de exploração ao passado de algumas delas. Este episódio é um desses casos, desta vez focado no passado de Karen Page (Deborah Ann Woll).

Este episódio encontra-se dividido em duas fases diferentes: numa primeira instância, vemos os eventos que levaram Karen a deixar a sua família para trás; e na atualidade, vemos Karen refugiada na igreja, enquanto Fisk (Vincent D’Onofrio) prepara a sua vingança pessoal.

 

Daredevil 3x10

Karen Page é um caso estranho para relatar. A sua presença na série tem sido um desafio em tentar explicar. Por um lado, a “administradora-de-escritório-convertida-a-repórter” mostra-se que está longe de ser mais uma “donzela em apuros” (algo que a Marvel, para o bem ou para o mal, é infame, tirando algumas exceções a essa regra em anos recentes); no entanto, fica a entender que esta pouco faz do que se meter em ideias que, eventualmente, a vão matar ou mesmo nos seus subplots privados. Para pautar isto tudo, poucos detalhes são oferecidos sobre o seu passado. Este episódio consegue oferecer algumas respostas às nossas questões. Independentemente se iremos gostar das mesmas ou não, é caso para dizer que estamos perante um dos eventos mais trágicos na vida de Karen até à data. Deborah Ann Woll já tem provado que está longe de ser apenas mais uma “boneca de porcelana” da Marvel, ainda que não tenha o mesmo carisma ou força que outras personagens femininas mais sólidas; no entanto, esta compensa por desdobrar-se em várias facetas. Seja na mulher responsável ou na alma perpetuadamente torturada pela qual é mais conhecida, este enredo-flashback revela-se como uma espécie de one-woman-show para Woll.

Daredevil 3x10

Felizmente, não tarda até que voltemos aos tempos atuais, com Fisk prestes a executar a sua vingança através de Poindexter (Wilson Bethel) (de mencionar que tal é feito dentro de uma igreja!). Felizmente temos direito a um rematch entre Poindexter e Matt (Charlie Cox) e é tão brutal conforme o esperado, com este a tentar encontrar novas fontes de força para equilibrar o jogo (cordas de muay thai), ou a coordenar com Karen através de sussurros para tirar os inocentes.

Houve um pouco de tudo neste episódio que, além de oferecer a vertente de ação pela qual a série é tão amada, também mostra umas luzes sobre o mistério loiro que é Karen Page.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior aqui.

0 88 100 1
88%
Average Rating

Este episódio de Daredevil pode contar com ação sem rodeios e criativo, mas é na sua concentração em Karen Page que este triunfa.

  • 88%

Comments