Frame by Frame Marvel's Daredevil TV

Daredevil – 3×08 – Upstairs/Downstairs

Daredevil 3x08

CONTÉM SPOILERS!!!

Digam o que disserem, Daredevil continua a surpreender episódio após episódio. E este Upstairs/Downstairs é mais uma prova dessa melhoria constante.

A caçada a Wilson Fisk (Vincent D’Onofrio) continua a prosseguir, mas por várias linhas diferentes. Temos a colaboração entre Matt (Charlie Cox) e Ray (Jay Ali) para encontrar o agente do FBI que se encontra a trabalhar com Fisk; Foggy (Elden Henson) a tentar expor a sua teoria sobre as verdadeiras intenções de Fisk; e Karen (Deborah Ann Woll) que faz uma jogada de peso neste episódio.

Daredevil 3x08

Tivemos direito a bons momentos passados neste episódio, mas se tivéssemos de destacar, pelo menos, um como o melhor, teria de ser para o “confronto” verbal entre Karen e Fisk, que decorre logo perto do final deste episódio. Conseguia-se sentir a tensão no ar sempre que estes dois trocavam farpas um contra o outro, com cada um deles a tentar fazer com que o outro quebrasse uma “máscara” meta-física e mostrasse emoção. Uma cena muito bem executada tanto por Deborah Ann Woll como por Vincent D’Onofrio, sem quaisquer sombras de dúvida!

Infelizmente, o mesmo não se pode aplicar a Foggy, que se limitou a tentar expor a sua teoria a quem quer que estivesse a ouvir. Atenção, não estou a denegrir os esforços de Elden Henson neste episódio, já que ele tenta fazer o melhor pode dentro do que ele tem à mão, e acaba por triunfar de forma surpreendente; infelizmente, parece que, dentro do trio Matt-Foggy-Karen, é o membro do meio que acaba por não ser levado a sério, o que só acaba por prejudicar a sua posição na série.

Daredevil 3x08

Por outro lado, tivemos direito a uma aliança entre Matt e Ray na tentativa de encontrar o aliado de Fisk dentro do FBI. Embora esta team-up não tenha levado a um lado concreto, foi uma espécie de dinâmica interessante que dominou estes dois homens, com Matt mais interessado em encontrar o agente duplo por quaisquer meios possíveis, enquanto Ray tenta fazer as coisas dentro das legalidades. É uma justaposição que funciona de uma forma surpreendente. Já para não origem a uma sequência de ação que, embora curta, não deixa de ter alguns pontos interessantes para observar.

O episódio ainda aproveitou para reencontrar Poindexter (Wilson Bethel), que se encontra cada vez mais desequilibrado do que o costume. Encontrar alento da inocente Julie (Holly Cinnamon) acaba por lhe dar uma espécie de salvação, mas é claro que as circunstâncias nunca são as melhores. E assim, cada vez mais Poindexter se embrenha nas manipulações subtis de Fisk e que o apontam cada vez mais no trajeto inevitável de este se tornar futuramente em Bullseye. Mas até lá, ainda poderemos esperar mais momentos chocantes vindos deste psicopata.

Podem consultar o nosso Frame By Frame anterior aqui.

0 82 100 1
82%
Average Rating

Ainda que tenhamos a equipa principal praticamente dividida, este episódio de Daredevil teima em apresentar momentos de renome.

  • 82%

Comments