Frame by Frame Sara

Sara – 1×02 – Episódio 2

Sara teve direito a segundo episódio quase que imediatamente seguido ao primeiro, imitando assim a forma como fora apresentado ao público no IndieLisboa em meados deste ano.

No episódio 2, Sara (Beatriz Batarda) conhece uma nova personagem, Niki Garcia (Inês Aires Pereira), uma estrela da novela nacional que promete ser uma alavanca no processo de transição de Sara para esse novo mundo.

Sara 1×02

Os mais relevantes eventos deste 2º episódio prendem-se precisamente com a interação de Sara com este novo personagem. Niki e Sara encaixam-se perfeitamente. Não como almas gémeas, mas mais como duas peças de um puzzle que encaixam à medida uma na outra. Uma tem o que a outra falta.

De um lado temos Sara, uma atriz pura, com intensidade dramática, escola, experiência e carreira feita no cinema. Porém é uma mulher madura com uma imagem relaxada sem cuidados de maior. Niki é o oposto. Corpo jovem, cuidado e retocado, sempre cuidada ao máximo para as redes sociais, de onde vem parte do seu rendimento, a ganhar muito dinheiro com a novela sem experiência nem escola.

Nikki Garcia e Sara conhecem-se e tornam-se praticamente parceiras
Nikki Garcia e Sara conhecem-se e tornam-se praticamente parceiras

Acabam por decidir de forma mais ou menos imediata criar uma relação. Sara ajudará Niki com a representação, Niki ajudará Sara com este novo universo da novela que, para ela, é novo. A química entre as duas personagens é grande e é impulsionada pela química que parece também existir entre as atrizes.

A relação de Sara com o Agente (Albano Jerónimo) começa a ser-nos apresentada como algo fora do plano natural. Parece que o personagem de Albano Jerónimo é mais um produto da mente dela do que outra coisa.

Ainda neste episódio, Sara vê-se forçada a engendrar um plano para se livrar de Morais (José Raposo), que ainda acalenta a esperança de a fazer regressar ao filme.

Outro ponto alto do episódio é a introdução do personagem Paulo Prazeres, um life coach, divinalmente interpretado por Bruno Nogueira.

Life Coach Paulo Prazeres
Life Coach Paulo Prazeres

Conclusão

Neste segundo episódio a balança entre a parte mais trágica e a mais cómica desequilibra-se para o lado da comédia. A entrada de Inês Aires Pereira e da sua personagem veio dar uma cor diferente ao que tínhamos visto no episódio um. Para além disso, a personagem Niki é um estereótipo muito bem feito. Os guionistas conseguem concentrar nela os comportamentos e o estilo dos atores de novela mais populares da nossa praça. A parte em que Niki descreve a sua forma de estar nas redes sociais é o exemplo puro disso mesmo. Qualquer pessoa que esteja no Instagram sabe que a personagem é uma sátira crua e direta das atrizes de novela mais populares.

A juntar a isto, tempos os momentos hilariantes em que Sara e Nikki trabalham em conjunto para melhorar a técnica desta última. Só visto.

Outro estereótipo muito bem desenhado, ainda que esteja num plano mais secundário, é o do life coach Paulo Prazeres.

No geral, diria que o segundo episódio veio acrescentar qualidade de sobra a Sara, adicionando-lhe a pitada de humor que sabíamos que teria de existir num trabalho de Bruno Nogueira, mas que ainda não tínhamos visto.

0 83 100 1
83%
Average Rating
  • 83%

Comments