Cinema Críticas

Crítica: The Spy Who Dumped Me (2018)

The Spy Who Dumped Me

The Spy Who Dumped Me é acerca da aventura em que Audrey (Mila Kunis) entra quando descobre que o seu ex-namorado é um espião. Pelo seu envolvimento, agora também ela é um alvo de gente perigosa. Assim ela e a sua melhor amiga Morgan (Kate McKinnon) tem de fugir pela Europa e cumprir uma missão para poderem salvar as suas vidas.

Desde do inicio do filme ficamos um pouco confusos com a intenção do filme. E tal não melhora do decorrer e desenrolar desta aventura. Comédia ou acção? Juntar as duas era com certeza o objectivo. Mas deste modo acaba por não se dedicar a nenhuma das vertentes por inteiro. Isso faz este filme perder bastante, por parecer que foi idealizado na incerteza de apostar e arriscar. Cenas que poderiam ser de pura ação tornam-se surreais e consequentemente ridículas pelo humor rasca utilizado. E cenas que poderiam ser cómicas, assumindo o seu absurdo, passam ao lado pela seriedade imposta.

Um exemplo desta confusão e que dá ênfase a este erro é a prestação de Kate McKinnon. Não é criticável na sua totalidade. É tão igual a todas as outras que a atriz nos costuma apresentar e que costumamos até gostar. Mas, neste caso em particular, caí várias vezes no exagerado. Estamos habituados ao seu humor peculiar, que não encaixa em determinados contextos. Em algo como Ghostbusters: Answer the Call foi uma cereja no topo do bolo mas aqui parece deslocado e fora do tom deste filme. Precisamente pela incerteza e má mistura entre o sério e cómico.

The Spy Who Dumped Me

Também Mila Kunis faz um trabalho decente. Uma prestação convincente que apenas se torna um pouco off quando o guião exige. Não podemos comparar a trabalhos como Bad Moms que enalteceram a atriz no género da comédia. Ainda assim é reconhecível o empenho e dedicação no retrato desta personagem.

Quanto a ação na sua representação, esta é bastante bem executada. As cenas são energéticas e dinâmicas, capazes até de concorrer com alguns filmes que se encaixam totalmente neste género. Nota-se a criatividade e idealização de cada sequência. É decididamente o maior ponto positivo deste filme. Alguns momentos puderam até ser de demasiada violência para o que se esperaria neste tipo de filme. Isto lembrando que The Spy Who Dumped Me se classifica como uma comédia familiar.

Em conclusão, The Spy Who Dumped Me perde por não assumir e se dedicar a um género e/ou falhar redondamente na junção de comédia e acção. No entanto conta com sequências de ação fantásticas sobretudo a nível visual e prestações decentes do elenco.

Título: O Espião Que Me Tramou

Título Original: The Spy Who Dumped Me

Realização: Susanna Fogel

Elenco:  Mila Kunis, Kate McKinnon, Sam Heughan, Justin Theroux, Ivanna Sakhno

Duração: 117 minutos

Trailer | The Spy Who Dumped Me

Comments