Cinema Críticas

Crítica: White Boy Rick (2018)

White Boy Rick Crítica de Cinema

White Boy Rick é a história real daquele que se tornou o mais jovem informador de sempre do FBI, com apenas 14 anos. Conta com Matthew McConaughey no elenco e Richie Merrit no principal papel.

Sinopse de White Boy Rick.

White Boy Rick conta a história real de Richard Wershe Jr, interpretado por Richie Merritt, que começou por ser um informador infiltrado do FBI nos anos 80, mas que acabou mais tarde por ser preso por tráfico de droga e condenado a passar o resto dos seus dias na prisão.

Inserido num contexto familiar completamente disfuncional, Richard Wershe Jr e o pai, Richard Wershe Sr (Matthew McConaughey), recorreram sempre ao lado errado da lei para encontrar o sustento, ainda que inicialmente com a venda ilegal de armas a gangs locais e pequenos bandidos.

Quando as forças da lei os descobrem, surge a hipótese de Richard Jr se tornar um informador infiltrado para evitar a prisão do pai. É nesse papel de informador que Richard Jr se apercebe da potencialidade do negócio do tráfico de drogas para o lucro fácil, e é assim que começa a história real do mais jovem infiltrado da história do FBI (14 anos).

White Boy Rick Crítica de Cinema
White Boy Rick conta com Matthew McConaughey, Richie Merritt e Bel Powley

Análise de White Boy Rick.

No geral, White Boy Rick, é um filme bem conseguido. Uma ficção assente em não ficção está sempre dependente da narrativa original, claro, a menos que se floreie em demasia os dados reais. Esses factos reais são arrebatadores o suficiente por si próprios para manter o espectador interessado durante os 111 minutos do filme.

O tema forte da narrativa é apresentado ao espectador em fragmentos. Principalmente nas cenas em que Richie Jr e Richie Sr estão a ser “apertados” pela polícia. O acordo com a lei que Richie Jr tinha nunca foi propriamente bilateral… E talvez tivesse ficado melhor na tela se tivesse sido mais “dramatizado”. Aqui o guião de Andy Weiss, Logan Miller e Noah Miller ficou-se mais pelos factos reais.

O realizador, Yann Demange, faz-nos avançar pela narrativa a uma velocidade mais ou menos constante, mesmo à medida que as complicações do enredo se adensam. É neste ponto que o filme se perde um pouco. Por um lado, há demasiadas coisas a acontecer na vida do jovem Richie Jr e nem todas exploradas convenientemente, por outro nem o realizador nem o actor, praticamente estreante, falham em fazer com que o personagem mantenha o seu interesse inicial.

Quem não conhecer a história real de White Boy Rick consegue facilmente adivinhar o ponto final da narrativa. Isso não joga a favor do filme. Para além disso, há muito ponto da narrativa que ficam por explorar e que podiam enriquecer a obra. Desde logo uma maior contextualização dos eventos. Detroit era, à época, uma cidade entregue à violência e as suas comunidades mais frágeis estavam entregues à sua sorte. Aliado a isso, o sistema legal americano parecia irremediavelmente ineficaz para resolver esses problemas.

Demasiadas vezes, o filme deixa-se entregar a clichés raciais, como os polícias que são sempre brancos e os membros dos gangs que são sempre negros. Este é, olhando para a opinião dos media americanos sobre esta película, um dos pontos mais baixos do filme. Alguns lançam mesmo a pergunta: se a história fosse sobre um Black Boy Rick, teria sido feito o filme?

Mas essa é outra luta. As particularidades raciais da história são, na minha opinião, um dos pontos pelos quais a película mais se justifica.

Uma palavra final para Jennifer Jason Leigh que encarna uma agente do FBI e cujas interacções com o personagem principal mostram o potencial real da história e aquilo que o filme podia realmente ter sido.

O filme tem data prevista para estrearem Portugal a 21 de Fevereiro de 2019.

White Boy Rick Crítica de Cinema
Matthew McConaughey é o nome mais forte deste White Boy Rick

Título Original: White Boy Rick.

Título: São Jorge.

Realizado por: Yann Demange.

Elenco: Matthew McConaugheyRichie MerrittBel Powley.

Duração: 111 min.

Trailer | White Boy Rick

Comments