American Horror Story Frame by Frame TV

American Horror Story: Apocalypse – 8×04 – Could It Be… Satan?

american horror story - 8x04

PODE CONTER SPOILERS DE AMERICAN HORROR STORY!

É fácil apontar o dedo a American Horror Story e o certo é, que durante estes anos, foram várias as falhas que ocorreram nas temporadas, que fizeram todas as expetativas para com a série, serem reduzidas atualmente. Este crossover tem vindo a mudar um bocadinho as coisas e, depois deste episódio, o jogo virou mesmo!

Quando Ryan Murphy quer fazer bem feito, ele sabe exatamente como fazê-lo e, ter expandido o universo de Coven, foi só uma das decisões mais acertadas de sempre. O Posto 3 era uma escola de bruxos antigamente e temos aqui oportunidade de ver um pouco a maneira como tudo funcionava aí. E que maravilha!

Quase somos transportados para o mundo mágico de Harry Potter, temos direito a magias que não vimos durante a terceira temporada inteira e um vibe completamente diferente e que resulta. 3 anos antes do Apocalipse que exterminou quase o mundo inteiro, Michael (Cody Fern) é descoberto pelos líderes da escola, depois de ter um comportamento suspeito. O seu poder parece ser extremamente forte e por isso, alguém a ter por perto.

american horror story - 8x04

Aqui surge um crítica social, mas diferente do que estamos acostumados a ver. As mulheres, neste universo, são o sexo forte e os homens vistos como “aqueles que nunca serão tão bons”. Num discurso realmente irónico acerca da situação atual do mundo, Murphy acertou em cheio!

Langdon surgiu para alterar isso e desculpem-se a expressão: “partiu a loiça toda”. Não só passou nos testes que lhe foram pedidos, como ainda conseguiu algo que a própria Suprema a.k.a Cordelia (Sarah Paulson), não consegue. Resgatar Queenie (Gabourey Sidibe) do Hotel Cortez.

american horror story - 8x04

E que bom que foi voltar, ainda que por breves momentos, ao pano de fundo da quinta temporada de AHS. E como se isso não bastasse, Evan Peters ainda deu uma perninha com o seu Mr. March para surpresa geral!

Não só explicam o regresso da bruxa do vodu, como também de Madison (Emma Roberts), também ela “salva” do seu inferno pessoal pelo rapaz. A cena final deste a chegar acompanhado das duas e dar de caras com Cordelia é de ficar de boca aberta. Foi de arrepiar!

Como se isto tudo não bastasse, revisitamos a escola de bruxas, Miss Robichaux e percebemos mais da ligação de Mallory (Billie Lourd), que pelos vistos é alguém realmente poderoso, vimos Zoe (Taissa Farmiga) como professora e confesso que gostei bastante e, ainda vimos mais da relação entre Michael e Meade (Kathy Bates) ou quem ela foi no passado.

De destacar também as adições ao elenco de BD Wong, Jon Jon Briones e Billy Porter. Tudo caras novas na série e que, sinceramente, me deram vontade de ver muito mais. Well done! 

As cartas estão na mesa, as coisas estão a ser explicadas com calma e de forma coesa e tem tudo para dar certo no resto da temporada. O capítulo passa sempre a correr e dá sempre vontade de ver mais. Pouco ainda tivemos da temporada inicial, Murder House, portanto parece-me que isto ainda está a começar!

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior aqui. 

0 92 100 1
92%
Average Rating

Em American Horror Story, as cartas estão na mesa, as coisas estão a ser explicadas com calma e com coesão e tem tudo para dar certo no resto da temporada.

  • 92%

Comments