Fear The Walking Dead Frame by Frame

Fear The Walking Dead – 4×15 – I Lose People…

I Lose People

Fear the Walking Dead apresenta com I Lose People… um episódio com estrutura e coerência. Um episódio relativamente digno da criação original de Robert Kirkman, que mantém a qualidade técnica e, finalmente, apresenta algum cuidado com a narrativa que não seja apenas o mero tropeçar desengonçado de eventos para passar o tempo e encher episódios.

Sobre I Lose People… (SPOILERS)

Presos na cobertura do hospital, o grupo espera que Morgan (Lennie James) encontre uma solução. Acomodaram-se a que Mo-mo tenha resposta para tudo. Jim (Aaron Stanford) espera que chegue a sua hora… Já de Al (Maggie Grace) ninguém sabe.

I Lose People
I Lose People começa exatamente no ponto onde nos havia deixado

Porém, Morgan não consegue chegar a um plano e nem sequer deseja ser visto como o homem para o efeito.

Em outra localização, John (Garret Dillahunt) e Strand (Colman Domingo) vislumbram Alicia (Alycia Debnam-Carey) e Charlie (Alexa Nisenson) do outro lado do lago. Victor consegue finalmente sentir algum optimismo. Nesse preciso momento, Alicia consegue apanhar June no walkie e esta sequência de felizes coincidências deixa toda a gente mais esperançada. As coisas melhoram mais ainda quando Alicia e Charlie encontram o veículo blindado e o usam para tirar John e Victor da ilha.

Martha (Tonya Pinkins) trata das suas feridas, mas não o suficiente para evitar ser capturada por Alicia e acaba refém do grupo, por enquanto.

Martha trata as suas feridas
Martha trata as suas feridas

Com o encorajamento dos restantes, Morgan decide procurar Al voltando ao interior do hospital. Apenas Jim fica para trás. O quase defunto personagem está pouco colaborativo por agora, sobretudo quando Sarah (Mo Collins) lhe pede a receita da sua cerveja artesanal, reconhecendo que é algo que vale a pena eternizar.

Já no interior do hospital, Morgan e o grupo estão à procura de Al, que deixou um rasto de walkers mortos. Na sala do gerador, apenas há uma mensagem deixada por Al indicando que ficou sem bateria no walkie e que conseguiu fugir para o elevador de carga.  Com pouco tempo e poucas opções, Morgan oferece-se para distrair a horda de walkers no exterior para que os outros possam sair e a missão tem sucesso. Morgan atira um walker do telhado para cima de um carro, activando o alarme e criando uma distracção. Morgan sente-se culpado por ter levado o grupo até ao hospital e ficar para trás é a sua forma de pagar essa dívida.

Tudo parece estar a correr bem pela primeira vez na temporada e isso é preocupante, certo?

Assim, Morgan e Jim estão na cobertura do hospital. Este pede para que Morgan o abata quando chegar a hora… Mas o discurso é interrompido por June no walkie que veio com a cavalaria completa para salvar Morgan.

Um camião de bombeiros com escada é usado no resgate de Morgan. Todo o optimismo do grupo é contagiante e, de súbito, tudo parecem ser bonitos arco-íris no horizonte… Mas o barulho atraiu a horda de walkers e os sobreviventes estão agora presos em cima do camião.

É então a hora de Jim. O condenado personagem decide copiar a ideia de Morgan e saltar do cimo do hospital para o cimo de um carro, atraindo para si os walkers e abrindo caminho à fuga do grupo.

Jim sacrifica-se pelo grupo
Jim sacrifica-se pelo grupo

No meio da confusão, e apesar dos ferimentos, Martha consegue escapar, abrindo caminho para um final de temporada interessante, sobretudo se a isso juntarmos a decisão de Morgan de seguir para a Virginia onde estão Rick e os outros, mas só quando encontrarem Al.

A palavra-chave do episódio é optimismo, mesmo com Martha livre e o perigo daí decorrente.

Conclusão

Fear the Walking Dead tem sido tão pobre que mal nos dá algum sinal de melhoria, os fãs mais hardcore da série ficam logo em êxtase. Nesta fase, com apenas um episódio para o fim, talvez seja tarde para apagar a má imagem que esta segunda metade da quarta temporada deixou. Resta esperar que os últimos momentos da série sejam memoráveis o suficiente para nos agarrar até à próxima temporada. Para já, este episódio serviu de confirmação à velha máxima de United We Stand, Divided We Fall. Um hino ao trabalho de equipa.

Morgan deixou no ar intenção de levar o grupo até Rick e os outros na série principal. Que impacto teria Alicia ou Victor em The Walking Dead?

Pessoalmente eu adoraria ver John Dorie e Rick Grimmes no ecrã e perceber que química teriam.

0 81 100 1
81%
Average Rating
  • 81%

Comments