American Horror Story Frame by Frame TV

American Horror Story: Apocalypse – 8×02 – The Morning After

american horror story

PODE CONTER SPOILERS!

Michael Langdon (Cody Fern) chegou, viu e para já, para estar a vencer. Nesta semana em American Horror Story o jovem está realmente disposto a escolher as pessoas certas para fazerem parte do Santuário, o local onde, segundo ele, estarão realmente a salvo. Para isso, é preciso passar uma espécie de teste.

Aqui, Mr. Gallant (Evan Peters) assume o grande destaque do episódio ao voluntariar-se em primeiro lugar, de forma a saber se tem lugar ou não fora do Posto 3. Peters está absolutamente incrível, algo que já não nos surpreende, na pele do homem que está tão desesperado para sair dali, mas acima de tudo para ser amado e visto.

Isso não agrada a Langdon, que o vê como um fraco e nos traz a surpresa deste capítulo: o regresso do Rubber man, que tão bem conhecemos da primeira temporada. Este parece ser controlado pelo rapaz da Cooperativa e acaba por ter grande importância no desenrolar da ação. Fern continua a ser uma surpresa, depois de o termos visto brilhar em American Crime Story. A sua interpretação é crua, segura e a maneira como é sempre filmado, quase de baixo para cima, é inteligente e eficaz, mostrando que este está acima de todos os outros.

Todo este arco termina com uma cena chocante e que realmente não estava nada à espera, na morte de uma das personagens que mais me tem agradado ver e espero, sinceramente, que isto não signifique que deixemos de ver a maravilhosa Joan Collins na série.

O casalinho teen da temporada também tem um papel crucial, ainda que esse lado deixe um pouco a desejar. É evidente a ligação à história de Adão e Eva, a ingenuidade, a tentação, o aparecimento de cobras e a metáfora à maçã no computador da Apple. Engraçado mas genial. Ainda assim, é preciso bem mais para estes dois caírem e graça. São mornos, sem sal e apenas me conseguiram surpreender no final, quando acabam por ser apanhados e nos proporcionam um twist digno de fazer cair o queixo.

Miriam Meade (Kathy Bates) é esfaqueada e não há sangue dentro dela. O que quer isto dizer? É um robô? Um alien? Quero respostas!

Ainda que estejamos todos a pedir o regresso das nossas bruxas do Coven e estas teimam em nunca mais chegar, aos pouquinhos vamos tendo indicações que nos deixam o coração aos pulos, como a música da Stevie Nicks que toca numa das cenas. Será que no próximo capítulo de American Horror Story já teremos um gostinho delas? Estou ansioso.

P.S: Sarah Paulson consegue sempre superar-se, por mais incrível que possa parecer. Numa cena onde a sua Venable revela algumas fraquezas e fragilidades ao lado de Michael, ela é suprema. Mais ainda que a sua Cordelia!

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior aqui. 

0 84 100 1
84%
Average Rating

Ainda que estejamos todos a pedir o regresso das nossas bruxas do Coven e estas teimam em nunca mais chegar, aos pouquinhos American Horror Story vai-nos dando indicações que nos deixam o coração aos pulos.

  • 84%

Comments