Mini-Reviews TV TV

The Sinner – Season Finale – 2ª Temporada

The Sinner

A série antológica do canal USA Network e produzida por Jessica Biel regressa para mais um mistério. Apenas se mantém a personagem de Bill Pullman, Harry Ambrose, que está encarregue de investigar o homicídio de duas pessoas que derivou aparentemente de um jovem de 13 anos. Nada é linear neste caso e assim que começa a desvendar aos poucos novas pistas, Harry precisa de saber distanciar o seu lado emocional do profissional.

O Melhor:

The Sinner é uma pequena pérola.

O facto de terem optado por uma antologia faz com que a série recicle as suas falhas mais evidentes e esteja constantemente a inovar. Carrie Coon e o jovem Elisha Henig chegam e encantam desde o primeiro momento.

A ambiguidade do caso é também algo extremamente aliciante no registo policial que é já tão abundante em televisão. Aqui, procura-se a verdade num meio onde ela está envolta em camadas e camadas de segredos. Há uma simbiose de ritmo e de narrativa, fazendo com que o espectador nunca se sinta cansado do que vê.

A nível técnico, The Sinner é também muito competente, já que utiliza tons de cinza constantes e que refletem os estados de espírito dos intervenientes da ação. A performance de Bill Pullman é igualmente vertiginosa e o desenrolar dos factos torna The Sinner um registo de referência para os amantes do policial.

Não há fillers nem nos são atiradas respostas às “quatro pancadas”. Tudo se desenrola naturalmente, com uma pitada de ocultismo que se adequa na perfeição para nos deixar cada vez mais intrigados.

O Pior:

Há certos momentos que parecem ser deixados ao acaso.

The Sinner é interessante e, arrisco-me a dizer, bastante invulgar dentro do género. Saber conjugar o realismo com o sobrenatural é bastante difícil. Por vezes sentimos que estamos perante algo abstrato e, no fim, já somos manipulados a pensar o contrário.

Por muito que esta seja a imagem de marca da série, pode causar algum desconforto ao espectador e deixá-lo também à deriva no que toca à compreensão prática da mensagem da série.

Ainda assim, a segunda temporada de The Sinner é extraordinária e vale a pena espreitar, especialmente para os que gostam de uma história curta, repleta de mistério e com performances maravilhosas.

Estado da Série: STAND-BY

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 88 100 1
88%
Average Rating

The Sinner continua a florescer após ter adoptado o formato antológico. Bill Pullman, Carrie Coon e o jovem Elisha Henig brilham numa série que continua a dar frutos num género já saturado de televisão.

  • 88%

Comments