Cinema Críticas

Crítica: Hotel Transylvania 3: Summer Vacation (2018)

Título original: Hotel Transylvania 3: Umas Férias Monstruosas

Título original: Hotel Transylvania 3: Summer Vacation

Realização: Genndy Tartakovsky

Elenco: Adam Sandler, Andy Samberg, Selena Gomez, Kevin James, Kathryn Hahn

Duração: 97 minutos

A família e amigos de Drácula embarcam de férias num luxuoso navio de cruzeiros monstruoso. Mas para o vampiro esta viagem acaba por se tornar bem mais interessante. No entanto as férias de sonho transformam-se num pesadelo quando Mavis descobre que Drac se apaixonou pela misteriosa capitã do navio, Ericka, que tem um perigoso plano que poderá destruir todos os monstros.

Hotel Transylvania 3: Summer Vacation é o terceiro filme desta saga protagonizada por Adam Sandler, que tem a sua pegada cada vez mais bem marcada. É perceptível de filme para filme as semelhanças com o tipo de história e comédia dos filmes em que o ator costuma aparecer. Uma viagem em família que acaba por interferir nas relações entre as personagens, e que não poderia ser mais previsível.

Dito isto, não podemos negar que esta é uma fórmula intemporal. Relações familiares é algo que prende o público e toda a gente se pode rever e relacionar. O que faz deste e outros filmes do género, não só apropriados, mas apreciados por miúdos e graúdos em simultâneo.

Sempre foi um ponto forte deste franchise a arte visual. Já que o tema “monstros” puxa à criatividade, ela aqui existe a alto nível. As cores, os designs, as paisagens e personagens são pensadas a pormenor e a adaptação dos monstros a tarefas do dia-a-dia tem sempre a diversão em mente.

Destaca-se a nova aquisição do gang, Ericka. Como o resto do filme, esta impressiona visualmente, não só pelo look mas pela energia usada na sua animação. É de elogiar a interpretação da atriz Kathryn Hahn, que contribui bastante para a eficácia da personagem e sobretudo fez credível o desenvolvimento da sua relação com o Drácula.

Mas o melhor do filme é a música! É incrível! Os temas escolhidos, as ocasiões em que são usadas e até a utilização da própria música como um elemento chave no enredo desta história são positivamente surpreendentes.

Conclusão, Hotel Transylvania 3: Summer Vacation é um filme cativante e cheio de imaginação na sua comédia, visuais e música. Indicado para uma boa tarde em família, que apenas peca pela sua previsibilidade.

Trailer – Hotel Transylvania 3: Summer Vacation

Comments