Better Call Saul Frame by Frame TV

Better Call Saul – 4×07 – Something Stupid

Better Call Saul

CONTÉM SPOILERS!!!

Os produtores de Better Call Saul nunca esconderam a possibilidade de esta temporada começar a aproximar-se em território familiar, nomeadamente na transição de Jimmy McGill (Bob Odenkirk) até Saul Goodman de Breaking Bad. No entanto, este 7º episódio aproxima-nos cada vez mais dessa eventualidade… através de um time jump. E, a julgar pelo o testemunhado, as coisas não parecem estar favoráveis, embora tal já seria de esperar.

A relação entre Jimmy e Kim (Rhea Seehorn) foi levada ao teste nos últimos episódio. No entanto, o cold open serviu de resposta para este ponto de situação. Ao som de Something Stupid, de Frank Sinatra, fomos constatando o inevitável: com cada um deles com os seus planos – Kim a cimentar a sua carreira como advogada e Jimmy a investir o seu tempo e dinheiro na venda de telemóveis pré-pagos – ambos começaram a afastar-se, quase de forma silenciosa. O que marca este cold open aparte dos restantes da temporada reside no facto de esta “separação” ter sido marcada por um risco no meio, separando os dois amantes, desde Junho de 2003 até Janeiro de 2004, altura essa em que Jimmy está pronto para reaver a sua licença de advogado.

Este time jump certamente afetou a relação entre Jimmy e Kim, e vemos isso mesmo com Jimmy a aproximar-se de Huell (Lavell Crawford). E é justamente sobre Huell que Jimmy e Kim se focam nesta semana, com cada um deles a tentar fazer o seu melhor para poder safá-lo de uma pena exageradamente longa. Embora não haja nenhuma animosidade sentida entre os dois, fica mais do que claro que as coisas não são mais as mesmas para estes dois. Portanto, é mais do que inevitável que uma separação definitiva esteja para ocorrer em breve nesta temporada.

time jump também deu para observarmos de perto o que os restantes personagens andaram a tramar durante este tempo todo. Por um lado, o “projeto misterioso” de Gus (Giancarlo Esposito) e vigiado de perto por Mike (Jonathan Banks) está perto da sua conclusão. Também foi engraçado vermos Mike a fazer laços com Werner (Rainer Bock) (pelo menos, tendo em conta o facto de Mike aprender algumas palavras de alemão pelo meio). No entanto, o projeto sofre um atraso, e as atenções de Mike recaem sobre uma certa pessoa do grupo. Resta ver se Mike irá seguir em frente com o seu “castigo”, se é que tem algum em mente.

Também voltámos a reencontrar Hector (Mark Margolis) que não só acordou do coma, mas também está a mostrar sinais de recuperar do seu AVC. Isto avizinha uns vários problemas a Gus, que se apronta para tomar medidas pelas suas próprias mãos. E considerando o estado em que encontrámos Hector em Breaking Bad, existe a possibilidade de este agora se tornar num personagem com um destino trágico, apesar dos seus atos anteriores.

0 84 100 1
84%
Average Rating

O time jump de Better Call Saul mostra a evolução que os vários intervenientes sofreram até agora, com resultados assombrosos pelo meio.

  • 84%

Comments