Frame by Frame Marvel's Iron Fist TV

Iron Fist – 2×09 – War Without End

Iron Fist

CONTÉM SPOILERS!!!

Já estamos no penúltimo episódio da segunda temporada de Iron Fist, e mesmo ao estilo da Marvel, a série conseguiu oferecer momentos de renome. Para depois quebrar tudo repentinamente para justificar um 10º episódio.

Misty (Simone Missick) regressa com boas notícias para dar a Danny (Finn Jones) e Colleen (Jessica Henwick). No entanto, existe também uma espécie de bad timing, com a tensão entre Danny e Colleen cada vez mais alta agora que Danny insiste que Colleen se torna no próximo Punho de Ferro. No entanto, as coisas complicam quando Davos (Sacha Dhawan) prepara o seu próximo passo.

Comparando com os restantes episódios da segunda temporada, este penúltimo episódio esteve repleto de ação do início ao fim. As sequências de combate corpo-a-corpo foram alvo de uma franca melhoria após o desastre que foram na temporada anterior. Existe aquela proximidade, aquele impacto. E este episódio esteve repleto de vários momentos destes, com o claro destaque para o rematch entre Danny e Davos. E o resultado não podia ter sido melhor, com Danny a dominar o ritmo contra um Davos cada vez mais desequilibrado, cada vez mais violento. O treino mental certamente ajudou nesta vertente.

Colleen também teve direito a uma cena de combate intensa, desta feita contra os jovens discípulos de Davos. Não teve o mesmo impacto emocional que o combate Danny-Davos, mas conseguiu colocar Henwick no centro das atenções. Além de também ter ajudado Colleen a tomar uma decisão surpreendente quanto à proposta de Danny, e que certamente poderá levar a série para uma nova rota.

Já Joy (Jessica Stroup) encontra-se em maus lençóis, especialmente com a sua traição à descoberta. Com uma certa urgência, Ward (Tom Pelphrey) alia-se a “Walker” (Alice Eve). Apesar de este segmento não possuir o mesmo nível de urgência que a trama principal possui, deu-nos uma colaboração de ouro entre o sarcástico Ward e a implacável “Walker”. E atirar novamente Turk (Rob Morgan) como o go-to guy para quem precisar de armas, é apenas a cereja no topo do bolo.

Apesar de tantos elementos que funcionem neste episódio, parece que Iron Fist teima em cometer o mesmo erro de deixar tudo para a última da hora, por assim dizer. Ou seja, terminar com um cliffhanger que serve apenas como um setup para o season finale. Mas não deixa de ser um episódio repleto de ação e momentos emocionantes que farão a delícia dos fãs leais da série.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior aqui.

0 82 100 1
82%
Average Rating

Apesar de cair nas mesmas armadilhas das restantes séries da Marvel/Netflix, este episódio de Iron Fist não deixa de ser um episódio repleto de ação e momentos de pura emoção que farão a delícia dos fãs.

  • 82%

Comments