Frame by Frame Marvel's Iron Fist TV

Iron Fist – 2×07 – Morning of the Mindstorm

Iron Fist

CONTÉM SPOILERS!!!

Já não falta tudo para encerrarmos os nossos Frame By Frame desta segunda temporada de Iron Fist. No entanto, e a julgar por este episódio, parece que a série não está interessada em avançar com a narrativa de uma forma significativa, especialmente considerando este episódio.

Depois da humilhante derrota do episódio anterior, Danny (Finn Jones) encontra-se a recuperar das suas graves lesões. Enquanto Misty (Simone Missick) procura respostas para o problema em questão, Davos (Sacha Dhawan) continua a seguir com a sua cruzada pessoal, agora considerando construir um exército. Entretanto, Ward (Tom Pelphrey) sofre uma recaída.

Não é uma grande surpresa uma série alentar o seu ritmo para conceder um episódio ou outro que permita respirar de fundo e aproveitar uma breve pausa depois da intensidade registada anterior. E essa é a melhor descrição que podemos fazer sobre este 7º episódio da 2ª temporada de Iron Fist. O episódio anterior fechou as portas com uma nova situação intrigante – com Danny com a perna partida e Mary (Alice Eve) como a personalidade dominante. Acabamos por revisitar todos os intervenientes anteriores, mas tal é feito num episódio mais ligeiro, especialmente considerando o facto de ter vindo de um episódio repleto de ação e bons momentos.

Com Danny novamente lesionado, cabe aos restantes membros do elenco carregarem o episódio nos ombros. No entanto, não esperem grandes maravilhas neste episódio. Por exemplo, Misty ficou meramente encarregue de procurar informações sobre a taça do ritual ocorrido no quarto episódio. Um momento que viria apenas expandir cada vez mais a mitologia da série, além de dar uma nova missão para os nossos heróis.

Surpreendentemente, os Meachums foram dos poucos que se conseguiram salvar neste episódio. Durante uma boa porção da temporada, Joy (Jessica Stroup) tem revelado um lado mais negro, mais vilanesco, por assim dizer. No entanto, o episódio dá-nos a entender que, através do primeiro contacto entre Joy e “Mary” pode ter sido o que bastasse para esta voltar a mudar de lado, ainda que mantendo a sua linha de pensamento.

O mesmo não se pode dizer de Ward que, após a discussão e as ideias assentes no episódio anterior, refugiou-se no álcool. É desta maneira que Ward volta ao status quo da primeira temporada, em que o personagem revela o seu lado negro a todos à sua volta, inclusive a Bethany (Natalie Smith). O grande problema deste segmento reside nos seus momentos finais, com Ward a receber uma notícia chocante para ele; no entanto, e dada a natureza dessa revelação, não nos puxa de força emocional.

Este episódio, apesar do ritmo, ajuda-nos a passar mais tempo com os nossos personagens mais amados. E isto vê-se na relação entre Danny e Colleen (Jessica Henwick), que se viu num verdadeiro teste neste episódio. Apesar de não possuir aquela intensidade desejada, é de partir o coração os dois a atravessarem uma fase mais complicada; no entanto, parece que a relação ainda pode ser salva, pelo menos, de acordo com os minutos que encerram o episódio.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior aqui.

0 66 100 1
66%
Average Rating

Este episódio de Iron Fist tem material de sobre para um episódio emocional, se não tivesse os clássicos problemas de ritmo.

  • 66%

Comments