Frame by Frame Marvel's Iron Fist TV

Iron Fist – 2×03 – This Deadly Secret

Iron Fist

CONTÉM SPOILERS!!!

Não existe uma melhor oportunidade para reencontrar pessoas ou ter dois dedos de conversa do que um jantar. Normalmente, é um serão bem passado. Bem, parece que os guionistas e produtores esqueceram-se desse leve pormenor neste terceiro episódio de Iron Fist

Numa tentativa de tentar resolver as coisas com Joy (Jessica Stroup), Ward (Tom Pelphrey) convence Danny (Finn Jones) – e, por ligação, Colleen (Jessica Henwick) – a convidar Joy e Davos (Sacha Dhawan) e poder resolver os problemas existentes. Mas isto é Iron Fist.

O episódio dividiu-se em dois momentos diferentes, pré e durante o dito jantar. No primeiro, tivemos a oportunidade de ver os personagens a tentarem compreender as suas posições. Por exemplo. até agora, a série não mostrou muito como Danny tem lidado com a sua promessa a Matt Murdock em The Defenders. Este episódio veio a remediar essa questão na primeira parte do episódio, prometendo que o nosso protagonista ainda tem muita escuridão para mostrar na série. E isto sem mencionar a questão de agora ter um stalker à espreita e que está a vigiá-lo e aos seus amigos.

Colleen também teve direito a um pequeno avanço no seu subplot, encontrando uma nova pista sobre o paradeiro da única pessoa que sabe quem lhe deixou a sua herança de família. Pode não ter o impacto emocional desejado, mas ao menos serviu para mostrar a surpreendente amizade entre Colleen e BB (Giullian Yao Gioiello).

É quando ocorre o jantar que, surpreendentemente, as coisas acabam por aquecer. Ainda que vejamos Danny e Colleen a tentarem ser simpáticos, Joy e Davos não são tão capazes de tentar esconder uma tensão na casa. Depois das parelhas óbvias – Danny/Davos e Colleen/Joy – é quando as máscaras da simpatia que as coisas se revelam ainda mais intensas, com Joy especificamente a tentar justificar as razões das suas ações mais recentes.

E Ward? Francamente, o mais velho dos Meachum é um daqueles personagens arrogantes que muita gente tem dificuldade de gostar. No entanto, e após dois episódios a ter um comportamento típico, Ward mostra o seu lado mais vulnerável junto da sua madrinha da NA, Bethany (Natalie Smith). É uma cena curta, mas que mostra claramente que existe mais em Ward do que pensávamos inicialmente.

Com tanta emoção junta e protagonizada pelo elenco principal, é estranho o episódio, perto do final, lembrar-se da existência das negociações entre as Tríades. Ainda que tenha sido a dose de ação “obrigatória” de Iron Fist – que, mais uma vez, não deixa de impressionar pela positiva – deixa a ideia de que este momento foi incluído só porque sim, não mostra qualquer ressonância com os eventos decorridos anteriormente no episódio.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior aqui.

0 72 100 1
72%
Average Rating

Aparte de um terceiro ato que parecia estar incluído num episódio diferente, o drama familiar dominou este terceiro episódio de Iron Fist.

  • 72%

Comments