Frame by Frame Mayans M.C. TV

Mayans M.C. – 1×01 – Perro/Oc

Mayans M.C.

CONTÉM SPOILERS!!!

Antes de dar início a este Frame By Frame de uma das séries mais aguardadas de 2018 – especialmente quando se trata de uma sequela/spin-off da aclamada Sons of Anarchy – permitam-me um pequeno “desabafo”. De 7 temporadas, só cheguei a ver a 1ª de SOA! Sei que pode parecer sacrilégio nesta altura do campeonato, e não me posso justificar ou desculpar quanto a isso. Apesar de não seguir a fundo os trabalhos de Kurt Sutter, aventurei-me por Mayans M.C., não como fã devoto da série original, mas como um desconhecido. E será essa a postura que irei tomar durante os próximos Frame By Frame da série.

Dito isto, não me posso deixar de me mostrar agradavelmente surpreso com a qualidade que Perro/Oc mostrou como ponto de partida para esta nova aventura localizado no universo de Sons of Anarchy!

Os fãs acérrimos da série principal poderão notar em algumas semelhanças entre Sons of Anarchy e Mayans M.C., mas também existem as suas claras diferenças. Por exemplo: a série é liderada por Ezekiel “EZ” Reyes (JD Pardo), o novo prospect do clube; a série divide os seus eventos na fronteira que separa o Sul da Califórnia do México; e mesmo com este primeiro episódio, algumas das suas personagens já estão praticamente delineadas. Ou seja, estes elementos conseguem oferecer uma diferença patente neste universo de violência, masculinidade e motociclos de alta cilindrada.

A minha maior queixa, para este episódio pelo menos, está centrado no enredo principal. Fica a ideia de que o episódio serviu o seu propósito de construir este “novo mundo”. E mesmo a dificuldade que os Mayans enfrentam neste toma alguma inspiração em Sons of Anarchy. Por outras palavras, não existe assim grande novidade para delinear neste episódio em termos de enredo.

Portanto, a esperança do episódio reside no vasto elenco da série, constituído, na sua génese, por atores latinos. JD Pardo deixa logo de imediato a direção que quer tomar com o seu EZ. E embora não tenhamos visto muitas interações com grande parte do clube, Mayans M.C. explora a relação de EZ com os restantes membros da sua família. A sua ligação de irmandade com Angel (Clayton Cardenas) é palpável entre os dois, ao passo que a relação entre EZ e o seu pai, Felipe (Edward James Olmos) já viu melhores dias.

Mas não desesperem, fãs de Sons of Anarchy, pois este episódio também possui alguns easter eggs que certamente farão as delícias dos fãs, incluindo a cena de abertura (que não falarei aqui, deixarei que vocês vejam o episódio), um cameo que solta a nostalgia (embora, em última análise, não traga grande impacto para o episódio em si) ou mesmo a presença da atual SAMCRO num momento-chave do episódio.

Em suma, tínhamos receio que Kurt Sutter, após a desilusão que foi The Bastard Executioner, tivesse perdido o seu jeito. No entanto, e a julgar por este primeiro episódio em dez, parece que Mayans M.C. está pronta para deixar a sua marca no vasto catálogo da FX!

0 86 100 1

86%
Average Rating

Kurt Sutter regressa ao universo de Sons of Anarchy com Mayans M.C. E embora a trama pareça um tanto ou quanto familiar, JD Pardo e um elenco com potencial enaltece um episódio de uma série bastante promissora.

  • 86%

Comments