Casual Mini-Reviews TV TV

Casual – Series Finale – 4ª Temporada

Casual

A família mais disfuncional da televisão regressa para uma despedida agridoce. Casual foi idolatrada pela crítica, mas não passa de uma visão banal de como as relações familiares podem ser disruptivas e desprovidas de apego emocional mas nunca conseguem na totalidade afastar-se do que realmente são: todos nós sentimos e casualmente escondemos por baixo de camadas e camadas de frieza todas estas emoções.

O Melhor:

Casual ter chegado ao fim foi simplesmente um alívio!

A série tem personagens interessantes e a dinâmica entre elas por vezes consegue arrancar uns sorrisos e o moralismo que foi referido anteriormente quebra de ritmo o que, para alguns, poderá assumir-se como um desenvolvimento de personagens gradual e positivo.

Mesmo que resgate alguns velhos conhecidos e nos apresente sangue novo, a temporada final de Casual é também aquela que procura ser relevante socialmente e amolecer os seus protagonistas, ainda que os una na sua natureza “maliciosa” para mostrar ainda que tem garra.

O Pior:

É precisamente por tentar ser demasiado presunçosa que Casual perde o seu rumo.

Embora as interações entre as personagens sejam, por norma, agradáveis, nunca chegam a um lugar em concreto. A intenção é boa, mas sentimos desapego delas. Não há nada que nos faça gostar delas mesmo quando elas tentam mudar. Já é demasiado tarde. Os momentos mais emotivos e familiares perdem força por tentarem aproximar-se ao melodramatismo de séries como This is Us, ao passo que a saída de Jason Reitman da realização deixa também um travo amargo.

Há um toque muito amador por parte da equipa de argumentistas. Sente-se que querem provar algo, mas andam aos círculos com as personagens de forma aborrecida, fazendo com que o espectador facilmente perca o interesse quer nos intervenientes da ação, quer nos momentos aparentemente dóceis ou até mesmo os cómicos.

Casual poderia ser algo muito melhor se conseguisse manter-se fiel às suas origens e fosse lentamente despegando-se da sua premissa simples e explorar a história de uma forma mais credível e humana; rejeitando desde então a possibilidade de uma frieza emocional em que saltita constantemente, tornando as personagens pouco fiéis aos seus registos.

Estado da Série: CANCELADA

Leiam a nossa Mini-Review anterior de Casual aqui.

0 45 100 1
45%
Average Rating

Casual desprende-se da sua frieza e caminha para um desfecho com toques emocionais à lá This is Us e isso remove-lhe a sua essência e torna-se aborrecida ao longo dos episódios.

  • 45%

Comments