Mini-Reviews TV TV

Orange is the New Black – Season Finale – 6ª Temporada

Orange is the New Black

As prisioneiras mais famosas do mundo estão de volta numa temporada fabulosa e que traz a série novamente para os seus tempos áureos. Agora que se encontram numa prisão de alta segurança, fora do “conforto” de Litchfield após o motim e, então, Suzanne, Taystee, Tovah, Flaca, Piper, Alex, Red e companhia precisam de se adaptar às suas novas condições. No entanto, duas magnatas que dominam a prisão e lideram todo o clima “gangsteriano” da mesma estão em guerra e as nossas caras conhecidas são forçadas a entrar neste novo mundo para sobreviver.

O Melhor:

Orange is the New Black continua a manter uma força social e emocional gigantesca.

A temporada anterior deixou algo a desejar, especialmente pelo foco temporal ter sido reduzido e, por sua vez, as personagens começaram a atrapalhar-se nos seus rumos.

Esta nova volta a apostar nas personagens de forma mais intensa, testando-as constantemente com novos desafios e despegando-se da leveza do que realmente se passa dentro destas prisões. Há um claro destaque para as novas personagens que vão preenchendo os episódios com as suas histórias e isto traz novamente uma brisa fresca à temática de Orange is the New Black.

O facto da série não se prender apenas às personagens que já conhecemos de raiz, faz com que a série seja madura o suficiente para arriscar em novos rumos, novas ambições e vá criando novas emoções nos espectadores. Personagens como Carol, Barb, Badison, Daddy e por aí fora, vieram a injetar uma nova perspetiva à temática e, por conseguinte, a série voltou a florescer e a trazer conteúdo novo.

As situações em que as personagens principais também se vão envolvendo, sendo que Orange is the New Black é conhecida por saber equilibrar de forma sublime o drama intenso com a comédia natural, são também elas cativantes e deixam-nos em constante reboliço ao longo dos episódios.

Elizabeth Rodriguez, Danielle Brooks, Selenis Leyva, Natasha Lyonne e a já famosa Uzo Aduba continuam a estar no seu auge, tornando o ritmo da série forte e sempre envolvente.

O Pior:

Por muito que esta temporada tenha melhorado imenso, Orange is the New Black precisa de continuar a caminhar para um desfecho.

Mesmo entretendo e mantendo originalidade, a série começa já a sentir um peso nos ombros, especialmente em dar um destino às demais personagens e, acima de tudo, em estabelecer uma mensagem poderosa de impacto social que por vezes é assombrada pelo melodramatismo de algumas situações.

No entanto, e tirando algumas personagens estarem cada vez mais a serem “empurradas” para um tempo de antena mais reduzido, há ainda muito sobre elas que sentimos que ainda não descobrimos e, em seis temporadas, deveríamos por esta altura conhecê-las por todo.

Mesmo com estes defeitos, esta nova temporada de Orange is the New Black é muito competente, inovadora e continua a trazer linhas de história cativantes e dignas da nossa atenção, seja pelo motivo cómico por que a vemos, dramático ou socialmente relevante.

Estado da Série: RENOVADA

Leiam a nossa Mini-Review anterior de Orange is the New Black aqui.

0 76 100 1
76%
Average Rating

Orange is the New Black volta em força com temáticas delicadas e com uma mensagem forte, com personagens novas com garra e que colocam as principais em constante alerta, tornando a série dinâmica e com um ritmo maravilhoso.

  • 76%

Comments