Mini-Reviews TV Quantico TV

Quantico – Series Finale – 3ª Temporada

Quantico

PODE CONTER SPOILERS! 

Depois de algumas dúvidas se Quantico iria ter direito uma terceira temporada, eis que a notícia surgiu e com ela uma grande novidade: apenas 13 episódios desta vez. Confesso que fiquei extremamente aguardado com esta notícia, visto que, na minha opinião, um dos maiores erros dos anos anteriores, era o número exageradamente grande de capítulos.

Com a estreia, ainda maiores surpresas surgiram: a história avançou 3 anos, Shelby (Johanna Braddy) e Ryan (Jake McLaughlin) estão casados, Alex (Priyanka Chopra) vive na Itália e o perigo continua à espreita. É então que Owen (Blair Underwood) surge com ideia de formar uma equipa secreta, para deslindarem os casos mais complicados. A este grupo juntam-se o nosso já conhecido Harry (Russell Tovey) e novos membros como Jocelyn (Marlee Matlin), uma agente surda, Celine e Deep, que estão a ser formados em Quantico e mais à frente, Mike McQuigg (Alan Powell).

O MELHOR

A meu ver, o facto de acompanharmos quase um caso por episódio foi uma mais valia e uma ótima opção. A ação tinha ritmo, havia interesse em acompanhar o desfecho e as histórias pessoais de cada personagem iam evoluindo e mantendo o fio condutor. Ainda assim, alguns capítulos pelo meio não foram tão bem conseguidos, sendo que apenas quando chegamos às horas finais e tivemos direito a uma narrativa mais específica e que nos acompanhou até ao final, a qualidade subiu.

Devlin (Timothy V. Murphy) foi um vilão de mão cheia. A sua cara assustava e a serenidade com que fazia tudo, sem qualquer escrúpulo, dava arrepios. Deu luta, originou reviravoltas interessantes e levou-nos até às paisagens maravilhosas da Irlanda. Destaco ainda a adição da Jocelyn e da sua história de superação, com direito a momentos interessantes, com a língua gestual. Um dos episódios, onde a “casa segura” da equipa é atacada e a mulher está de costas sem se aperceber de nada, enquanto o som está cortado, fazendo-nos sentir na pele, foi brilhante.

Contudo, o papel principal desde o início é e sempre será da protagonista, Alex Parrish. Priyanka Chopra teve aqui a sua rampa de lançamente para o estrelato e não poderia ser mais merecido. Desde o início que leva a série às costas, com uma performance segura, forte e chega de sensualidade. É um grande passo vermos uma mulher ter o estatuto de badass, com cenas de pancada e perseguição que normalmente são associadas aos homens. Por mais papéis assim!

Falando no melhor, obviamente que Harry. Desde a sua entrada que nos conquistou e aqui não foi diferente. Os capítulos onde sofre e faz de tudo para salvar a sua irmã foram de partir o coração. Well done! E sim, o final ainda que um pouco em aberto, que demonstra que a vida deles será sempre aquilo, um ciclo sem fim, foi satisfatório.

O PIOR

Se na primeira temporada havia imenso potencial, com um grupo e um enredo que prendia e tinha tudo para marcar o género, depressa a qualidade foi baixando, principalmente na segunda temporada, com uma salganhada de narrativas e falta de coerência. Ainda assim, o saldo final não é assim tão negativo. Quantico conseguiu aqui, corrigir alguns erros do passado, focando-se em poucas personagens e em coisas que realmente nos poderiam interessar.

O facto de terem reduzido o número de episódio também foi muito bem pensado e que já deveria ter acontecido nos anos passados. Tudo fluia de outra maneira e talvez a série ainda tivesse salvação.

A sério que casaram Ryan e Shelby? Tipo assim? Entendo perfeitamente que em 3 anos muita coisa tenha acontecido, mas tanto tempo a focarem-se nele e na Alex para de repente ele estar com a melhor amiga dela? Ainda para mais sem mostrarem como tudo aconteceu, o que talvez tivesse ajudado. Passaram anos e apenas vamos sabendo informações pelo que dizem… soluções fáceis.

No meio de algumas opções de história erradas, personagens desperdiçadas e neste terceiro ano, alguma preguiça em dar algo mais forte aos fãs, talvez por já contarem ser o fim, Quantico não passa sem deixar a sua marca. Poderia ter sido muito mais, sem dúvida. Mas conseguiu entreter e acima de tudo trouxe-nos a Priyanka para as nossas vidas. Foi um prazer esta aventura!

Estado da Série: CANCELADA

Leiam a Mini-Review anterior aqui. 

0 73 100 1
73%
Average Rating

No meio de algumas opções de história erradas, personagens desperdiçadas e neste terceiro ano, alguma preguiça em dar algo mais forte aos fãs, talvez por já contarem ser o fim, Quantico não passa sem deixar a sua marca.

  • 73%

Comments