Frame by Frame The 100

The 100 – 5×11 – The Dark Year

CONTÉM SPOILERS!

Foi necessário esperar pelo episódio 11 da 5ª temporada de The 100 para finalmente saber o que realmente aconteceu no bunker . The Dark Year está cheio de revelações e a ação começou onde terminou na semana passada, com Clarke (Eliza Taylor) encontrando a sua mãe inconsciente, e Wonkru marchando para a guerra.

Através de flashbacks, este episódio retorna a esta página negra na história de Wonkru e o que Octavia (Marie Avgeropoulos) teve que fazer para garantir a sobrevivência do seu povo. Até então, tinha sido apenas uma questão de insinuação, deixando assim aos espectadores a possibilidade de imaginar o que poderia ter acontecido. Aliás, The 100 gosta de empurrar as suas personagens até aos limites da sobrevivência. Com tudo o que sabemos até agora, poderíamos deduzir, em parte, o que tinha que acontecer, mesmo que ver e deduzir não sejam a mesma coisa.

Estes flashbacks acontecem principalmente para legitimar as ações de Abby (Paige Turco), Octavia e Kane (Henry Ian Cusick). Esse ano transformou-os e agora que sabemos exatamente o que aconteceu, podemos entender melhor o poder que existe e o que os levou onde eles estão agora. O que levou Abby a se tornar uma viciada, e Octavia a se radicalizar a esse ponto.

Entre as lembranças e revelações de Abby, vemos aquilo que aconteceu no bunker. As rações são mais escassas do que o esperado, e, na verdade, foi Abby quem deu a ideia a Octavia para eliminar parte de Wonkru. Neste aspeto, é interessante ver Octavia como “inocente”, o oposto do que temos visto desde o início desta 5ª temporada. Por outro lado, Abby aparece como a verdadeira culpada. Extremamente fria, ela coloca Octavia na pior posição, pois cabe a ela comandar essas mesmas ordens.

Além disso, enquanto se pensava que Octavia tinha simplesmente montado uma arena para reduzir a população, na realidade, Abby foi ainda mais longe, propondo usar as vítimas como alimento. É claro que nem toda a gente aceitou comer sabendo a sua origem. E Kane, mais uma vez, permaneceu nos seus princípios, optando por não se alimentar. Uma visão horrível e desumana que poderia ter grande impacto em Octavia, que teve o extremo cuidado em eliminar com relutância os “inimigos de Wonkru“.

Por último, há sempre a questão do próximo plano do pequeno grupo formado por Murphy (Richard Harmon), Raven (Lindsey Morgan), Echo (Tasya Teles) e Emori (Luisa d’Oliveira), que tentam encontrar uma maneira de reduzir os dano para Wonkru. Há também a relação entre Bellamy (Bob Morley) e Octavia que se quebrou e traz um pouco de emoção.

No final, podemos culpar este episódio de The 100 por nos dar informações importantes um pouco tarde demais, mas ainda assim existe algo satisfatório para ver certas partes moverem-se para para a guerra. Os elementos encaixam-se uns nos outros com uma certa fluidez, e podemos até dar crédito a Madi (Lola Flanery) por lembrar a Clarke que tipo de pessoa ela deveria ser, para além de comparar a sua situação com a de Octavia. O conjunto oferece um bom aperitivo para a luta final.

Leiam a nossa opinião sobre o episódio anterior aqui.

0 85 100 1
85%
Average Rating
  • Um forte episódio de revelações que dá uma visão completamente diferente de Abby e Octavia.
    85%

Comments