Mini-Reviews TV Once Upon A Time TV

Once Upon A Time – Series Finale – 7ª Temporada

Once Upon A Time fechou oficialmente o seu livro de contos de fadas. E não foi surpresa haver finais felizes por toda a parte.

O MELHOR

Regina e Rumplestilskin sempre foram as melhores personagens de Once Upon A Time. A primeira temporada apresentou-os como vilões, ainda que com histórias de partir o coração que contavam o motivo dos seus maus caminhos. Tiveram longos e árduos caminhos, sendo por isso que Lana Parrilla e Robert Carlyle foram os únicos atores regulares ao longo das sete temporadas. E ambos estiveram no foco deste grande final, principalmente porque, finalmente, alcançaram o seu final feliz. Os relacionamentos de longa data com estas personagens tornaram este ponto culminante das suas jornadas particularmente satisfatório e emocional.

Outro ponto alto deste final foi a coroação de Regina. Onde uma vez ameaçou o mundo com promessas de uma Maldição, Regina estava lá agora para ser celebrada por unir os reinos e trazer tantas personagens e terras juntas. Onde a Rainha Má uma vez dividiu e aterrorizou, ela se tornou a única pessoa capaz de reunir todos, ganhando o prestigioso título de Boa Rainha.

As cenas finais do último episódio capturaram muitas das histórias iniciais da série, principalmente de quando Emma (Jennifer Morrison) foi pela primeira vez a Storybrooke, agora repleta de anos de nostalgia e significado.

O PIOR

Esta temporada final foi uma experiência um pouco mal concebida que nunca funcionou, colorindo as memórias de uma série que começou como engenhosa e divertida. De toda a temporada, esta apenas valeu a pena pelo seu último episódio, mais emotivo.

No entanto, a série provou que ainda haviam histórias que valiam a pena ser contadas, fazendo justiça a Once Upon A Time como um todo.

Leiam a nossa opinião da primeira parte desta temporada aqui.

0 70 100 1
70%
Average Rating
  • A última temporada de Once Upon A Time não teve um bom começo e, de certo modo, mal concebido. No entanto, o último episódio provou que ainda havia muito para contar. Afinal, todos, sem exceção, mereciam um final feliz. E o objetivo foi cumprido.
    70%

Comments