13 Reasons Why Frame by Frame TV

13 Reasons Why – 2×10 – Smile, Bitches

Smile, Bitches

PODE CONTER SPOILERS!

A surpresa que este episódio de 13 Reasons Why nos traz é agridoce. Se ao descobrirmos que afinal, Hannah (Katherine Langford) também já foi uma bully com outra miúda, na sua antiga escola, depressa percebemos que nem tudo é o que parece. Sarah é a jovem que Olivia (Kate Walsh) procurou no hotel para tentar demover de fazer o depoimento e agora entendemos o porquê. Ela revela que Baker, juntamente com mais duas amigas, lhe tornaram a vida num inferno no passado.

Estranho, então, Hannah se ter sujeitado ao que passou, tendo ela já estado do outro lado. Ela só queria ser aceite e pertencer a algum sítio, não o tendo nunca feito por prazer. Além do mais, vemos que, numa conversa com Tony (Christian Navarro), ela se mostrou arrependida e este não hesita em dizê-lo à testemunha.

Também ele, teve grande destaque em Smile, Bitches, ao ser também ouvido em tribunal. E vemos finalmente mais deste rapaz tão misterioso. Descobrimos que tinha agredido duas pessoas anteriormente e, quando já estava em liberdade condicional (e num encontro com Ryan (Tommy Dorfman, arranjado por Hannah), agrediu outro homem – sim, o Lucas do ginásio – e a amiga escondeu-o no cinema para que a polícia não o apanhasse. Por isso ele ficou responsável por partilhar as cassetes – devia-lhe isso.

Ainda sobre o Clube que tanto querem descobrir, Clay (Dylan Minnette), Sheri (Ajiona Alexus) e Justin (Brandon Flynn) conseguem entrar lá dentro. graças à rapariga que, para descobrir o código, nos obriga a assistir uma cena que nos deixa a suar com medo do que lhe pode acontecer. Já lá dentro, encontram a caixa das polaróides, onde vêem toda a coleção de fotos das ações cruéis e chocantes praticadas pela equipa de basebol. E aqui temos direito a um diálogo que nos deixa a pensar.

Clay pergunta porque é que as miúdas se sentem felizes ali, porque razão algumas delas, como Nina Jones (Samantha Logan) que aparece a sorrir, assim como Chloe (Anne Winters), a própria namorada do capitão da equipa, que descobrimos ter sido abusada por Bryce (Justin Prentice) antes do namoro, se sujeitam àquilo. E Sheri responde com algo do género: “Porque nenhuma delas sabia o que viria depois”. Porque razão uma rapariga tem de estar com medo em relação ao que pode esperar dos rapazes? Independentemente de qualquer situação em que estejam, quer sob efeito de álcool ou drogas, ninguém tem o direito de usar isso como vantagem. E é neste tipo de coisas que 13 Reasons Why é importante.

CENAS A RETER AINDA DO EPISÓDIO:

  • É cada vez com mais medo que vejo o caminho que Tyler (Devin Druid) está a tomar. O jovem é rejeitado, toda a gente o parece abandonar e tem armas na sua posse. O mais certo é esse tema ser abordado na temporada e só rezo para o fazerem com consciência;
  • Acho cada vez mais ridícula a ligação entre Clay e as alucinações com Hannah. Não precisávamos disso;
  • Afinal é Zach (Ross Butler) quem mandava as polaróides. E sabem porquê? Porque sabia que Jensen fazia algo, enquanto ele é um cobarde. You go, boy! 
  • Cena final do Justin com Clay foi incrível. Só amo esta amizade!

Leiam o Frame by Frame anterior, aqui. 

0 77 100 1
77%
Average Rating

Um episódio de 13 Reasons Why que me deixa um pouco sem saber o que esperar. Foi bom, mas fico com medo do que possa vir, para algumas das personagens que estão a encontrar aqui a sua redenção.

  • 77%

Comments