Mini-Reviews TV Trollhunters TV

Trollhunters – Series Finale – 3ª Temporada

Trollhunters

Verdadeiramente, o fim de uma era. Após três temporadas repletas de magia, personagens com um design único e com temáticas que só podiam sair da mente brilhante de Guillermo del Toro, a série animada Trollhunters chegou ao seu fim. Como é que será que a sua história acabou?

O MELHOR:

Encerrar uma temporada de uma forma natural e que permaneça fiel à série nunca é uma tarefa fácil de executar. Felizmente, Trollhunters consegue cumprir essa tarefa com distinção. Agora com Gunmar (Clancy Brown) cada vez mais perto de concretizar os seus planos de conquista do mundo, Jim e os seus amigos vêem-se numa corrida contra o tempo para impedir esses planos. Isto significa que o ritmo da série ganha agora um teor mais rápido, justificando a duração de 13 episódios. E dada a escala da temporada, todos os personagens – principais e secundários – ganham a sua oportunidade de brilhar, por mais breves que sejam os seus contributos.

Todos os elementos que tornaram Trollhunters numa série única continuam bem patentes. O estilo de animação continua a exibir a sua qualidade, os efeitos sonoros continuam a parecer saídos deste mundo. Mas o enredo da temporada continua a ser o grande ponto forte da série. Apesar da urgência da história, existem sempre momentos em que o humor característico consegue salvá-la de se tornar demasiado negra. Mas desta vez, existe aquela emoção clara, sabendo que este é o seu final definitivo. Dito isto, o series finale de Trollhunters faz o casamento perfeito entre ação, humor e emoção da despedida, ainda que tenha deixado umas dicas de um possível regresso; mas considerando a emoção da sua conclusão, mais vale deixar o final tal como está. Não há necessidade de um revival daqui a uns anos.

Uma questão pertinente nesta temporada foi como é que os produtores iriam contornar a morte de Anton Yelchin. Antes da sua morte precoce, Yelchin conseguiu gravar as suas falas da segunda temporada e uma pequena porção desta. Uma tarefa difícil de cumprir, mas que os produtores conseguiram superar, agora com Emile Hirsch como o novo Jim Lake. E apesar de Hirsch não ser propriamente um Anton Yelchin, mas consegue cumprir a tarefa de substituir o falecido ator, ao mesmo tempo que respeita a natureza de Jim Lake.

Esta temporada também ganha pela maior presença das personagens Merlin (David Bradley) e Morgana (Lena Headey), cada um deles a deixar a sua marca patente na mitologia da série e importância para a história.

O PIOR:

Normalmente não costumam existir muitas queixas a acrescentar no que toca a Trollhunters; desta vez, não. A minha maior queixa para esta temporada final vai para o mau hábito das séries de fazerem back pilots. E esta temporada serviu para nos apresentar a dois dos protagonistas da próxima série que fará parte da saga Tales of Arcadia3 Below, interpretados por Diego Luna e Tatiana Maslany. Ainda que tivessem um pequeno papel fulcral no seu episódio de estreia, fica a ideia de que a sua inclusão seria ideal para uma espécie de cena pós-créditos ou um teaser da próxima aventura.

E assim, nos despedimos de Trollhunters. Agora, resta-nos esperar por 3 Below, com estreia potencialmente marcada ainda para este ano.

Estado da série: TERMINADA

0 84 100 1
84%
Average Rating

Trollhunters chegou ao fim. E continuou a estar repleta de ação, emoção, magia e humor, bem como nós adoramos!

  • 84%

Comments