Man with a Plan Mini-Reviews TV TV

Man with a Plan – Season Finale – 2ª Temporada

Man with a Plan

Após uma estreia um tanto ou quanto tardia, conjugada com uma breve pausa pelo meio, a família Burns está de volta para mais peripécias em contexto familiar e profissional. Como será que Man With a Plan se saiu nesta segunda metade da segunda temporada?

O MELHOR:

Para todos os efeitos e circunstâncias, Man with a Plan é uma série que cai na área do guilty pleasure. Apesar de não ser uma sitcom inovadora ou culturalmente relevante para a era moderna, a série encontra a sua zona de conforto na sua premissa simples, com cada situação, embora familiar, a dar origem a alguns momentos de pura diversão.

Ajuda quando a série conta com Matt LeBlancLiza Snyder (Adam e Andi Burns, respectivamente) como os verdadeiros protagonistas. Os seus desafios semanais estão longe de serem os mais originais, por vezes caindo no verdadeiramente ridículo. No entanto, LeBlancSnyder mostram os seus lados de comédia – uma área do entretenimento em que LeBlanc é muito bem conhecido graças à sua presença em séries como Friends ou Episodes – mas ao mesmo tempo mostram um lado honestamente doce como um casal que faz de tudo para tentar colocar a comida na mesa para eles e os seus três filhos.

O que mais me surpreendeu nesta sitcom foi o facto de esta não ter receio de abordar alguns temas mais contemporâneos. Desde o medo constante de empregos instáveis ou o desenrolar do tempo nas nossas vidas ou as chamadas “crises de meia-idade”, existe espaço de manobra para a série mostrar alguns momentos tocantes que não ofuscam o humor da série.

O PIOR:

O que estraga a série é a sua falta de originalidade. Não é a primeira vez que vemos uma sitcom deste género – aliás, parece ser a “imagem de marca” das sitcoms da CBS. E essa falta de originalidade acaba por prejudicar a série, não só por causa da falta de ter algo de novo para contar nesta vertente, mas também por não a permitir marcar pela diferença num género bastante saturado.

Embora Adam e Andi sejam claramente os protagonistas, o resto do elenco não tem direito a esse mesmo destaque. Infelizmente, isto acaba por ser o grande problema de Man with a Plan, com cada uma das personagens secundárias a caírem nos velhos estereótipos que assombram este género televisivo. Num panorama televisivo em que até mesmo os personagens secundários acabam por se revelar multifacetados, é uma pena esta série representar aquele “passo para trás” que é o seu Calcanhar de Aquiles.

Posto isto tudo, o season finale exemplifica que Man with a Plan não tem receio de alterar a sua premissa inicial para poder demonstrar uma réstia de qualidade. Uma possibilidade pela qual estaremos abertos quando a série regressar para a sua recém-confirmada terceira temporada.

Estado da série: RENOVADA

0 64 100 1
64%
Average Rating

Apesar dos claros defeitos que a série exibe, Man with a Plan consegue ser um guilty pleasure que justifica a sua recente renovação.

  • 64%

Comments