13 Reasons Why Frame by Frame TV

13 Reasons Why – 2×01 – The First Polaroid

13 Reasons Why

PODE CONTER SPOILERS!

As opiniões acerca da segunda temporada de 13 Reasons Why eram diversas. Se existiam pessoas que, tal como eu, queriam ver mais além da história de Hannah Baker (Katherine Langford) e saber o que aconteceu a partir de então na vida de todos os envolvidos, outros achavam que o que era importante para contar, já tinha acontecido na primeira temporada e, por isso, novos episódios poderiam estragar o feito que o ano anterior da série tinha feito.

O que é certo é que aconteceu: a série está de volta com 13 novos episódios e está tudo efetivamente diferente, desde a última vez. Clay (Dylan Minnette), agora ao lado de Skye (Sosie Bacon), com quem mantém uma relação, parece, aparentemente, estar a lidar bem com a morte da sua amiga/amada, depois de terem passado 5 meses desde o suicídio. Os outros vão mantendo a sua postura, tentando continuar a sua vida, mesmo que nada mais seja igual.

Depois de termos ficado com o coração nas mãos, sem saber o que aconteceu com Alex (Miles Heizer) depois do cliffhanger do episódio final, descobrimos agora que este tentou cometer suicídio, mas acabou por recuperar do coma e, não só perdeu a memória do último mês antes daquele ato, como tem de andar com o apoio de uma bengala.

Se na temporada passada, tudo girava em torno das cassetes contando todos os motivos/pessoas responsáveis pelo suicídio de Hannah, aqui temos as sessões de tribunal. A mãe da jovem, Olivia Baker (Kate Walsh) vai até ao fim para fazer justiça à morte da filha e a partir daqui, todos os personagens que conhecemos estão envolvidos, começando assim a acompanhar novas versões das histórias e, graças aos flashbacks, algumas pontas soltas que ficaram dos episódios passados.

O primeiro é Tyler (Devin Druid), que assume aqui maturidade e arrependimento, dizendo a verdade, sem medo de represálias. Não tardam a surgir novos desenvolvimentos, não só para ele, como para outros dos jovens que foram intimados a testemunhar. Quem estará por detrás destas ameaças? Bryce (Justin Prentice)? Amigos deste? Certamente iremos descobrir… Outra novidade é a polaróide. Jensen recebe uma no seu cacifo, alertando-o que a sua amiga não foi a única a passar por aquilo e tudo leva a crer (como nos indica o título do episódio) que certamente virão aí mais fotografias.

A série mantém uma extrema qualidade na fotografia e na realização e, ainda que algumas vezes o argumento caia nos clichés básicos e teen, a maioria das vezes é forte e deixa-nos a pensar. É certo que a história da grande protagonista está contada e teve impacto, mas há mais para além disso. Há miúdos arrependidos, há outros que continuam a fazer aqueles atos de bullying. Ainda que este tema se mantenha, parece que o abuso sexual será um grande foco da temporada.

A maior surpresa (ainda que tenha sido revelada com alguma antecedência para quem está atento às notícias) é a presença da jovem Baker, não só no passado, como no presente, aparecendo em fantasma a Clay, o único que a consegue ver.

0 80 100 1
80%
Average Rating

A série mantém uma extrema qualidade na fotografia e na realização e, ainda que algumas vezes os textos caia nos clichés básicos e teen, a maioria das vezes é forte e deixa-nos a pensar. É certo que a história da grande protagonista está contada e teve impacto, mas há mais para além disso.

  • 80%

Comments