Aggretsuko Anime TV

Aggretsuko – Season Finale – 1ª Temporada

Aggretsuko

Quando pensamos em adaptações de mangás ou animes originais, trazer uma personagem adorável da Sanrio – a companhia responsável por uma certa gatinha adorável chamada Hello Kitty – não estaria propriamente nos nossos planos. Ainda assim, é exatamente o que a Netflix nos apresenta com Aggretsuko!

Esta é a Retsuko, uma adorável panda-vermelha de 25 anos. De dia, Retsuko cumpre com as suas funções como contabilista numa empresa no Japão, aguentando todo o tipo de abusos verbais ou humilhações pelo seu chefe de departamento e dos seus colegas de trabalho. De noite, Retsuko afoga as suas mágoas e dissabores num espaço privado de karaoke. Poderia ser adorável… não fosse Retsuko investir no heavy metal!!!

O MELHOR

O que salta logo à vista em Aggretsuko é o estilo visual. A série original da Netflix nunca se quis levar a sério no que toca ao realismo. Portanto, a série possui uma espécie de lufada de ar fresco num panorama cada vez mais maduro, mais adulto. O anime vive e sobrevive do seu humor clássico, repleto de momentos muito bem passados, dado o ridículo de algumas das situações que a jovem panda-vermelha enfrenta.

No entanto, tal como a sua faceta de heavy metalAggretsuko esconde um lado negro. Diz-se que o “humor por vezes esconde as duras verdades”. E de certa forma, é exatamente isso que testemunhamos ao longo de 10 episódios de 15 minutos cada. Vemos Retsuko a fazer o melhor que pode para poder poupar nas contas, tendo, para isso, que aguentar um chefe intragável e alguns colegas que abusam da sua boa vontade. De certa forma, a nossa protagonista adorável é a personificação não só do ambiente austero dentro de um escritório, repleto de indivíduos prontos a fazerem-nos a vida negra, mas também sobre o papel desfavorecido que a Mulher desempenha num ambiente profissional. Para o bem ou para o mal, Aggretsuko consegue trazer muitas similaridades com o que se passa no lado de cá do ecrã.

O PIOR

Aggretsuko pode ser um daqueles animes do género feeling good com uma clara alusão aos tempos difíceis que ocorrem, mas fica a ideia de que podia ter sido melhor explorada. A série não tem receio de abordar temas contemporâneos, ainda que caia nos velhos estereótipos do costume. Infelizmente, estereótipos é o que podemos encontrar em demasia. Um dos exemplos disso é o Diretor Ton, o chefe de Retsuko que, além deter a forma física de um porco, age como um porco! Tal como outros personagens estereotipados, Ton revela algumas facetas ocultas, que lhe ajudam a desenvolver o seu personagem; no entanto, essas facetas são facilmente descartadas no momento a seguir.

Ainda se desconhece se a Netflix irá renovar Aggretsuko para uma segunda temporada. Fingers crossed, folks!

Estado da série: STAND-BY

0 80 100 1
80%
Average Rating

Das mãos da Netflix, chega-nos Aggretsuko, um anime que, detrás da sua máscara fofa, esconde uma mensagem dura e crua.

  • 80%

Comments