Frame by Frame Marvel's Agents of SHIELD TV

Agents of S.H.I.E.L.D. – 5×17 – The Honeymoon

Agents of S.H.I.E.L.D.

CONTÉM SPOILERS!!!

Ora aqui estamos, para mais um episódio de Agents of S.H.I.E.L.D.Mas, ao contrário do episódio da semana passada, este conseguiu exibir algumas melhorias que atiram o resto da temporada em novas direções.

Coulson (Clark Gregg) e Talbot (Adrian Pasdar) conseguiram escapar das garras da General Hale (Catherine Dent), mas o perigo continua à espreita, com Ruby (Dove Cameron) diretamente no seu encalço. Entretanto, Fitz (Iain De Caestecker), Simmons (Elizabeth Henstridge) e Yo-Yo (Natalia Cordova-Buckley) andam em busca da arma que a nova Hydra anda à procura, mas com a sua vida dificultada pela presença de Anton Ivanov (Zach McGowan).

No panorama geral do episódio, este revelou-se como um dos episódios mais repletos de ação da temporada. E numa série como Agents of S.H.I.E.L.D., essa vertente nunca desilude, com cada secção a ser tão espetacular como a outra. Seja o confronto esperado entre Daisy (Chloe Bennet) e Ruby ou entre Yo-Yo e Anton, passando ainda pela “semi”-obrigatória secção de tiroteio em espaços fechados, houve sempre alguma coisa para provocar o deleite dos fãs de ação.

Mas não é só disso que vive a série, e vemos isso nas próprias personagens. Já não é um segredo que os dias de Coulson estão praticamente contados, o que nos levou a ver o líder da S.H.I.E.L.D. a tomar uma série de decisões que, apesar de compreensíveis, não deixam de ter alguma falta de lógica. Portanto, foi bom ver o líder a ser chamado à razão pelas suas ações de risco. E isto vindo de Melinda May (Ming-Na Wen) num momento claro de emoções à flor da pele.

Cada vez mais surpreendente é a própria Ruby. No passado, uma das minhas queixas é do quão teenager esta parecia, tirando alguns momentos de ação. No entanto, esta, quando assim o quer, também consegue ser bastante manipuladora. Uma faceta que vimos esta semana no que aparentava ser uma “teenage breakdown“, mas que se revela como uma farça para a verdadeira agenda da vilã. E agora com Ruby no poder, o desfecho de Agents of S.H.I.E.L.D. acabou por tornar-se cada vez mais imprevisível.

Mack (Henry Simmons) também esteve no centro das atenções nesta semana quando, na ausência de Simmons, teve-se de fazer de médico juntamente com Piper (Briana Venskus), que tiveram de tratar de um Deke (Jeff Ward) que se encontrava ferido. Francamente, este segmento não foi assim tão especial, mas foi um deleite vermos Mack a ver-se como um médico por instantes. 

Outra figura surpreendente do episódio foi Talbot. Já se sabia que o General tinha sobrevivido ao seu atentado na temporada anterior, mas o episódio Rise and Shine (cuja crítica podem ler aqui) detalham as consequências dessa recuperação. E o que obtivemos foi uma visão fora do habitual do personagem, com este a demonstrar cada vez mais os seus impulsos de raiva destrutiva. No entanto, nos momentos de clareza, o personagem exibe uma faceta mais emocional, o que o torna numa personagem mais relacionável do que ele era anteriormente.

0 78 100 1
78%
Average Rating

Agents of S.H.I.E.L.D. regressa às suas boas ondas, num episódio igualmente emotivo e repleto de ação mesmo ao estilo da série.

  • 78%

Comments