Frame by Frame The Flash TV

The Flash – 4×17 – Null and Annoyed

The Flash

CONTÉM SPOILERS!!!

Já lá vai algum tempo desde que The Flash exibiu o seu último episódio (cuja crítica podem conferir aqui). Pois bem, a série resgata o comediante Kevin Smith para mais uma aventura na cadeira de realização. É uma pena, então, que o seu mais recente esforço com o herói tenha falhado redondamente em quase todos os aspetos!

O episódio anterior fechou com Harry (Tom Cavanagh) a desvendar a identidade dos dois últimos meta-humanos do autocarro da season premiere. E esta semana andou à volta da Team Flash em busca de um desses metas, Janet Perry (Bethany Brown). No entanto, vários problemas dentro da dinâmica de equipa acabaram por causar mais problemas do que encontrar soluções. 

Falo-vos, claro, do estranho caso de Ralph Dibny (Hartley Sawyer). Parece que, neste andar da carruagem, a série ainda não sabe bem o que fazer com o personagem. Há momentos em que o mesmo exibe claros sinais de crescimento como herói numa semana… só para regredir para a estaca zero na semana seguinte! E este episódio seguiu essa mesma tendência, com Ralph a disparar piadas para todo o lado e sem agir com seriedade face às várias situações. Uma postura imatura que consegue a proeza de irritar Barry (Grant Gustin). Obviamente que o episódio viria a dar um melhor contexto à faceta brincalhona de Ralph e de “mais uma” lição de vida para Barry. No entanto, é uma pena que Ralph tenha acabado por se revelar como uma das maiores desilusões da temporada. 

No meio disto tudo, Cisco (Carlos Valdes) também teve direito ao seu pequeno subplot quando este recebe uma visita inesperada do seu “sogro”, Breacher (Danny Trejo), que procura uma cura para os seus poderes que estão a desaparecer. Este é um dos claros casos em que o subplot poderia ter sido resolvido numa questão de meros minutos; em vez disso, os guionistas optaram pelo “caminho mais longo”, que não trouxe nada de novo e com o humor prometido a entrar em queda livre a cada minuto que passa.

O único resquício de esperança para o episódio vai para Marlize DeVoe (Kim Engelbrecht), que se encontra no seu próprio pesadelo às mãos do seu marido, Clifford (Miranda MacDougall). Pelo menos a série conseguiu dar um ar de tragédia a uma personagem que tem-se mantido consistente desde o início da temporada. Portanto, é uma pena, francamente, que esta, apesar de um subplot mais interessante em termos da narrativa principal, não tenha obtido o mesmo tempo de antena.

Como já se esperava de Kevin Smith, podem esperar algumas referências às suas obras como realizador, desta vez com ele próprio e o seu amigo Jason Mewes a interpretarem a versão de The Flash do clássico duo Jay and Silent Bob Strike Back. Infelizmente, tal não passou por um Easter Egg que certamente desperta o saudosismo dos fãs desta dupla, mas não muito mais do que isso.

0 0 100 1
%
Average Rating

Kevin Smith volta a sentar-se na cadeira de realizador para mais um episódio de The Flash, que falha redondamente em quase todos os aspetos.

Comments