Mini-Reviews TV TV Will & Grace

Will & Grace – Season Finale – 9ª Temporada

Will & Grace

Numa altura em que revivals cada vez mais ganham maior destaque no panorama televisivo, Will & Grace foi uma das sitcoms mais requisitadas pelos fãs de todo o mundo. No ano passado, a série teve o seu regresso muito aguardado, com resultados francamente positivos. Será que esta segunda metade conseguiu manter essa qualidade?

O MELHOR

O quarteto principal – composto por Eric McCormackDebra MessingMegan Mullally e Sean Hayes – continuam a ser o verdadeiro destaque para sintonizar a série semana após semana. E não seria para menos: mesmo 11 anos após o “final definitivo” da série, a química do grupo ainda está patente. Vemos cenas entre Will (McCormack) e Grace (Messing) que variam entre o engraçado e o tocante, enquanto Karen (Mullally) e Jack (Hayes) permanecem os scene stealers da zona. Sim, ambos conseguem ser os estereótipos que as séries de hoje em dia fazem os (im)possíveis para tentar evitar, mas não deixam de ter aquele funny bone

Will & Grace também teve direito a alguns guest stars durante a sua exibição, com destaques a “fantasmas” do passado. Tivemos o regresso de Tim Bagley como Larry, um dos amigos de longa data da série; Vince (Bobby Cannavale) como Vince, o ex-namorado de Will; Jennifer Lopez como ela própria; Sara Rue como Joyce, a irmã de Grace; ou Alec Baldwin como Malcolm, o amante de Karen.

Will & Grace também é uma série que vive dos tempos em que decorre. E mesmo nesta segunda metade, a série não teve receio de se encontrar com temas mais sérios, como o panorama americano sob a “liderança” de Donald Trump, a mulher como um indivíduo independente, capaz das suas escolhas ou da jornada difícil de se “sair do armário”. São temas recorrentes da nossa atualidade que a série usa para mostrar um lado mais sério. Na maior parte das vezes.

O PIOR

No entanto, esta veia mais política não surte os resultados desejados. Com sitcoms como Modern Family ou Black-ish a mostrarem melhores resultados nessa representação, torna-se um exercício mental vermos Will & Grace a tentar enveredar por rotas já trilhadas e falhar redondamente em alguns episódios.

Também há mais do que uma ocasião em que o próprio humor parece ser restrito para os personagens da série, o que não ajuda em muito para tentar parece algo que valha a pena acompanhar.

Não se esqueçam de ler a nossa Mini-Review anterior aqui.

Estado da série: RENOVADA

0 74 100 1
74%
Average Rating

A química de grupo de Will & Grace continua intacta e os guest stars são velhos conhecidos, mas o humor e comentário social não são assim tão certeiros.

  • 74%

Comments