Open Sesame Rubricas

Puella Magi Madoka Magica, o reinventar do conceito “magical girls”

Puella Magica

Muitos de vocês certamente conhecem as Navegantes da Lua ou em inglês Sailor Moon, um grande fenómeno das chamadas magical girls e considerado por muitos como o “reacender” deste género de anime nos anos 90. Depois do sucesso que foi, muitos outros animes apareceram, partilhando a mesma temática, a clássica transformação, o uso de magia e o objectivo em comum: Derrotar o mal. Ora, Puella Magi Madoka Magica, aparenta à primeira vista ser apenas nada mais do que outro anime sobre magical girls. Mas se esta é a tua primeira impressão ao olhar para este anime, não poderias estar mais enganado.

Puella Magi Madoka Magica segue a história de Madoka Kaname, uma rapariga de 14 anos que leva uma vida normal. Um dia, esta encontra um pequena criatura chamada de Kyubey que estava a ser perseguida por Homura Akemi, uma rapariga que se transferiu para a escola de Madoka recentemente. Madoka e a sua amiga Sayaka Miki salvam Kyubey mas algo acontece e estas são transportadas para um mundo paralelo, onde a loucura parece ser constante. Monstros estranhos e figuras distorcidas rodeiam-nas mas estas acabam por ser salvas por uma rapariga cujo nome é Mami Tomoe. Kyubey explica-lhes que bruxas existem no mundo onde elas vivem, alimentando-se de humanos e influenciando pessoas a cometer actos horrendos. Kyubey faz-lhes então uma proposta. Um desejo qualquer que elas tenham em troca de se tornarem uma Puella Magi (Rapariga Mágica em latim). A tarefa de uma puella magi é simplesmente a de caçar bruxas. No entanto, aquilo que parecia algo simples acaba por se tornar em algo que elas nunca imaginaram.

Puella Magi Madoka Magica surpreendeu-me e muito pois ao ver os 2 primeiros episódios não achei que fosse nada de especial. No entanto, ao dar oportunidade a este anime, acabei por ficar completamente rendida. A animação, tão peculiar, com as cenas em que as bruxas entram mudando completamente o registo do anime, com uma atmosfera arrepiante, psicadélica e cheia de loucura. Para além disso, o final do anime não desilude, cobrindo temáticas que não vou mencionar para não spoilar. No entanto, posso dizer que tem uma excelente construção de plot, desenvolvimento de personagens e banda sonora sublime. Recomendo 100%.

Leiam o Open Sesame da semana anterior aqui.

Comments