Uncategorized

The Good Doctor – Season Finale – 1ª Temporada

0 90 100 1
90%
Average Rating
  • 90%

The Good Doctor foi provavelmente uma das maiores apostas da ABC. Baseada numa série da Coreia do Sul, este drama segue Dr. Shaun Murphy (Freddie Highmore), um jovem e brilhante autista que começa a sua residência como cirugião no hospital San Jose St. Bonaventure. A contratação de Shaun vai causar opiniões diversas entre os seus colegas e superiores, mas este consegue conquistá-los aos poucos.

O melhor

Freddie Highmore já provou em várias ocasiões o seu talento como ator, mas a sua prestação como Shaun excede todas as expectativas. O ator consegue transmitir na quase perfeição as dores e tormentos da sua personagem não deixando que esta se torne cansativa. Pelo contrário, Shaun é adoravel, com os seus defeitos e qualidades bem balanceados e que tem a pitada cómica certa. Dr. Murphy é aquela personagem pela qual todos torcemos.

Dr. Neil Melendez (Nicholas Gonzalez) é o mentor que Shaun não sabia que precisava e é evidente durante toda a primeira temporada a sua evolução: de um homem arrogante a um professor carinhoso e preocupado. Apesar de por vezes ainda expor essa faceta mais negativa, Gonzalez conseguiu que a sua personagem se tornasse uma das mais interessantes da série.

Também  Dr. Marcus Andrews, a personagem de Hill Harper, conseguiu cativar, mesmo sendo o maior obstáculo de Shaun no hospital. A sua ambição é justificavel para um homem que tem o seu talento e sonhos, assim como é fácil para o público se relacionar com o seu drama pessoal e familiar.

Não posso deixar de mencionar a relação entre Shaun e o seu eterno mentor e amigo:  Dr. Aaron Glassman (Richard Schiff). Uma relação quase de pai e filho, Glassman tem uma paciência inesgotável com Shaun, assim como um amor de pai por ele, e é verdadeiramente divertido assistir aos momentos de rebeldia de Shaun e à forma como Glassman lida com eles.

 Dr. Claire Browne (Antonia Thomas) torna-se a confidente de Shaun e a relação deles não poderia ser mais encantadora. Enquanto Browne protege Shaun com unhas e dentes, é para esta amiga que o jovem cirurgião se vira sempre que tem questões de natureza pessoal e social.

O Pior

A saída de Lea (Paige Spara), o interesse romântico de Shaun, deixou um vazio difícil de preencher, sendo o único membro do elenco que não trabalhava no hospital e que se dedicava verdadeiramente ao lado social de Shaun. 

Depois de tantos pontos positivos, é quase óbvio que dificilmente existe algo a apontar a esta série. Cativante, emocionante e divertida, The Good Doctor conquistou facilmente o coração dos fãs e a espera pela segunda temporada irá provar-se torturante.

Estado da série: RENOVADA

0 90 100 1
90%
Average Rating
  • 90%

Comments