Electric Dreams Mini-Reviews TV TV

Philip K. Dick’s Electric Dreams – Season Finale – 1ª Temporada

Electric Dreams

A Amazon, em parceria com o Channel 4, decidiu criar uma série antológica inserida num meio futurista em que todos os episódios revelam novas histórias com base num meio tecnologicamente avançando mas que interfere sistematicamente com a sociedade, de nome Electric Dreams. Basicamente, esta é a tentativa do gigante de streaming de se aproximar a Black Mirror, uma das produções de maior qualidade da Netflix.

O Melhor:

Apesar de alguns episódios serem melhores que outros, Electric Dreams é terrível.

Há presenças interessantes durante os episódios e ver atores carismáticos como Richard Madden, de Game of Thrones, Bryan Cranston (o Walter White de Breaking Bad) entre outros, a seguir um registo diferente do habitual acaba por surtir algum efeito.

Há certos episódios em que o visual também é criativo, ainda que o enredo, no seu geral, é trapalhão e não nos deixa minimamente satisfeitos com o que nos é apresentado.

A banda sonora rouba também algum protagonismo, conseguindo prender-nos esporadicamente ao ecrã; o mesmo se pode dizer de alguma da realização que é feita com devoção mas que não consegue superar os graves problemas de enredo da série.

O Pior:

Praticamente tudo em Electric Dreams corre mal.

É difícil conseguir encontrar um conforto nas mini-histórias de Philip K. Dick e transpô-las para um formato semelhante ao de Black Mirror.

Muito porque o propósito é muito distinto e sente-se que Electric Dreams perde-se na sua mensagem e é atabalhoada na forma como expõe o seu objetivo. Refugia-se num elenco talentoso para “atrair” espectadores, mas o seu argumento é tão desinteressante e pouco convincente que nos deixa completamente “à nora”.

A ambição é demasiado grande para conseguir alcançar um estatuto como o de Black Mirror. Apesar de apresentar o conceito de forma distinta, Electric Dreams é uma série pretensiosa que cai num abismo sem fim. Não há nenhum elemento que a torne apelativa, tirando aqueles nomes que conhecemos dali ou dacolá.

É também preguiçosa em tentar manter coerente uma história plausível num meio futurista que não consegue transportar-nos com “garra” para nos manter cativados ao longo dos episódios.

Estado da série: STAND-BY

0 31 100 1
31%
Average Rating

Electric Dreams é uma série de ficção científica que não consegue atingir o estatuto que procura, sendo facilmente comparável a Black Mirror e não possui nem metade do carisma. É difícil de digerir, ainda que possua um elenco invejável.

  • 31%

Comments