Dos Quadradinhos à Grande Tela Rubricas

Batman: No Man’s Land

Batman: No Man's Land

Gotham está longe de ser uma boa série da DC Comics, quando comparada com as restantes “irmãs” ou “competidoras”. Ainda assim, ter uma série sobre a origem do Batman e com todo um elenco com as mais variadas personagens de uma infindável galeria de vilões, a série continua a ter aquele apelo. Também ajuda quando se tem direito a alguns episódios que acabam por ser melhores que o habitual. A brincar a brincar, a série já teve direito a três temporadas completas (e com uma quarta a decorrer atualmente). Apesar de ainda não se saber se a série da FOX terá direito a uma quinta renovação, os fãs mais acérrimos da série vão deduzindo sobre o possível rumo que a série poderá tomar. E se alguns rumores se confirmarem, caso a série seja renovada, existem fortes probabilidades de Gotham adaptar uma das storylines mais famosas de BatmanNo Man’s Land!

No Man’s Land foi um evento que decorreu durante quase a totalidade de 1999. Neste, Gotham sofreu um terramoto de magnitude 7.6 na escala de Richter. Com um terramoto desta magnitude, a cidade sofreu danos quase irreparáveis. Após uma operação de resgate, as forças militares dos Estados Unidos declaram Gotham como uma “terra de ninguém”, destruindo as pontes de acesso à cidade e, deste modo, isolar Gotham – e os poucos cidadãos que escolheram lá permanecer – de qualquer tipo de contacto com o mundo exterior.

As histórias ligadas a Batman normalmente mostram o nosso herói a tentar lidar com uma ameaça que é lidada no fim e ao cabo (seja por um mero milagre ou por teimosia/determinação do vigilante). No Man’s Land é um caso especial: não só acompanhámos a luta árdua de Batman e dos seus aliados a tentarem manter uma réstia de ordem numa cidade embrenhada no pânico e no caos, mas também os vários conflitos entre os vários vilões, que lutam para controlar várias zonas da cidade para os seus próprios fins. E isto sem esquecer dos vários cidadãos, ricos ou pobres, saudáveis ou doentes, de qualquer etnia que seja, lutam cada dia para poderem ver mais um dia.

Dada a escala do conto, como é que Gotham poderá adaptar esta storyline de uma forma fidedigna? Obviamente, haverão claras diferenças em relação ao material de origem, uma vez que, até à data, o jovem Bruce Wayne ainda não abraçou o seu papel como o destinado vigilante da cidade. No entanto, nesta altura, alguns dos vilões já mostram sinais de estarem “naquele ponto”. Já vimos Oswald Cobblepot, conhecido como Penguin, já teve um pequeno “gosto” como Rei do Crime; já vimos The Riddler a assombrar a cidade através de inúmeras enigmas; Ivy Pepper, apesar de ainda não ter muitas semelhanças com a personagem bem-conhecida das bandas desenhadas, começa a caminhar pela mesma rota pela qual Pamela Isley é muito bem amada pelos fãs. E isto sem esquecer Jerome, cuja loucura contagiante continua a enaltecer a série quando esta bem precisa!

Mas este evento (quiçá definitivo) poderá ser o empurrão que os personagens principais bem precisam para seguir os trajetos que estão destinados a tomar. Consoante o seu sucesso, James Gordon pode vir a ganhar o posto inevitável de Comissário da GCPD. Mas isto pode-se aplicar mais a Bruce. Esta quarta temporada tem feito os (im)possíveis para o colocar no trajeto para se tornar no Batman; no entanto, nunca se teve direito a uma circunstância em concreto em que isso tenha de acontecer, já que ele se veste de vigilante noturno somente com os seus próprios interesses em mente. Existe uma forte possibilidade que, ao ver uma cidade INTEIRA em colapso possa colocar o personagem no caminho certo.

Mas caso seja adaptada, é claro que poderão haver algumas omissões. Nomes não associados a Batman como SupermanLex Luthor ou mesmo a Liga da Justiça nem sequer foram mencionado nesta altura do campeonato. Sem falar que também envolvem outros heróis como OracleHuntress ou Cassandra Cain que também não foram mencionadas (no caso de Oracle, essa possibilidade é mais do que remota). Ou seja, No Man’s Land pode vir a ser o “ou vai ou racha” em que Gotham irá tirar todas as teimas. Isto agora vai depender do tratamento que a equipa técnica decidir tomar. Mas é claro que, nesta altura do campeonato em que a série não foi formalmente renovada, tudo isto é mera especulação.

Comments