Mini-Reviews TV TV

Wolf Creek – Season Finale – 2ª Temporada

Wolf Creek

Mick está de volta e sedento por umas boas matanças na zona de Wolf Creek, na Austrália. Um grupo de turistas em excursão pelas planícies desertas encontra o serial killer mais “labrego” da região e, como já é habitual, não ficarão vivos para contar a história.

O Melhor:

John Jarratt é o melhor de Wolf Creek.

Desde os filmes que fizeram o furor por terras australianas que Wolf Creek se tornou num franchise, tal como o fenómeno de Saw. A história é simples, mas tira proveito do ambiente e da atmosfera carregada de suspense que Greg McLean traz para a série.

O contraste entre a beleza das paisagens com o destino horrível que assombra as personagens consegue tornar-se ele próprio uma personagem interessante e em constante mutação.

O segundo episódio, Outback, é bastante explosivo e deixa o espectador sem saber por que personagem irá torcer no desenrolar da ação. A performance de Jarratt continua a manter o seu registo maravilhoso, capaz de nos provocar asco e repulsa, ao mesmo tempo que ainda conseguimos entrar dentro da sua psicopatia e nos rirmos um pouco.

Os clichés dos slasher movies irrompem por todo o lado mas não deixam de ser bem aproveitados para passarmos um serão “agradável” a vermos, literalmente, pessoas a serem esquartejadas ou desmembradas sem uma motivação plausível.

O Pior:

Wolf Creek é bom, mas não faz sentido continuar.

O enredo é repetitivo e as personagens que vão surgindo nunca conseguem ter uma abordagem que não a mais simples de todas: são apenas peões para iludir o espectador de que algum deles irá escapar e, como já sabemos quer dos filmes, quer da temporada anterior, nada disto acontece.

Podemos criar empatia com uma ou outra, mas nunca conseguimos afeiçoar-nos a elas. Pior ainda, nunca ficamos interessados nelas precisamente porque sabemos qual é o desfecho que irão ter. Estamos aqui a torcer pelo vilão e não importa sequer se um é atropelado, se é mordido por uma cobra, se é um covarde que deixa o amigo morrer para se salvar, ou se está preocupado com um que partiu a perna. Só queremos vê-los a gritar, a fugir, e a serem abatidos um a um pela mão do sanguinário.

Mesmo não trazendo nada de original, a segunda temporada de Wolf Creek volta a trazer John Jarratt na sua melhor forma e continua a tirar proveito dos locais onde é filmada, para além daquelas doses de sangue que estão lá só para nos entreter.

Estado da série: STAND-BY

0 58 100 1
58%
Average Rating

Wolf Creek teve uma continuação e, ainda que seja sempre bom ver o papel da carreira de John Jarratt de novo, não deixa de ser desnecessária.

  • 58%

Comments