Dos Quadradinhos à Grande Tela Rubricas

Vegeta: O Verdadeiro Herói de Dragon Ball?

Vegeta

Se nasceram na mesma era que eu, com certeza que passaram por alguns animes que tiveram o tratamento de dobragem nas televisões portuguesas. Maior certeza é que um desses animes é Dragon Ball. Quem não se lembra das aventuras do jovem Son Goku em busca das míticas Bolas de Cristal que concedem um desejo? Quem não se lembra também das novas aventuras na forma de Dragon Ball Z, em que o jovem herói se tornou um adulto? Se se lembram disso, então o nome Vegeta certamente não será uma grande surpresa! Considerado como um rival à altura de Son Goku, Vegeta veio a conquistar milhões e milhões de fãs ao longo dos anos. Alguns chegam a dizer, até, que o orgulhoso Príncipe dos Guerreiros do Espaço (oops, Saiyans) chega a ser melhor protagonista que o Son Goku! Será mesmo esse o caso? Permitam-me que vos partilhe um pouco da história e consequente trajeto do personagem. É caso para dizer que este texto VAI CONTER SPOILERS, tanto de Dragon Ball Z como de Dragon Ball Super!

Quando o personagem foi apresentado pela primeira vez, Vegeta começou como o primeiro antagonista de Dragon Ball Z. Auto-titulando-se como o “Príncipe dos Saiyans”, Vegeta, juntamente com Nappa, chegam ao planeta Terra com o intuito de reunirem as Bolas de Cristal e concretizarem o desejo de se tornarem imortais. Ora, em termos de Dragon Ball, isto classificou-os como “vilões”; ou seja, um embate com o icónico Son Goku era mais do que inevitável. Embate esse que são só marcaria os fãs em termos de diálogos (por favor, quem é que se esqueceria do “IT’S OVER 9000!!!!!?), mas também da forma como os combates de Dragon Ball iriam mudar dali para a frente.

Foi na saga de Namek que o papel de Vegeta na série viria a mudar, passando de antagonista a anti-herói relutante, um estatuto que este manteve durante anos a fio. No caso desde arco marcante, Vegeta viu-se obrigado a formar uma aliança com os terrestres para fazer face à ameaça do Imperador Frieza. Este arco também mostrou o lado mais trágico da história de vida de Vegeta, o que dá um certo contexto às suas ações do passado. Também mostrou Vegeta num certo pé de igualdade para com Son Goku.

E depois apareceu o Super Saiyan. Um dos momentos mais marcantes de Dragon Ball no geral – e também da indústria do anime em geral – viria a recolocar Vegeta num patamar mais abaixo. Mas isto também viria a dar origem a um dos seus traços mais icónicos: a sua vontade de se tornar melhor do que Son Goku. É isto que o motiva a tornar-se no terceiro Super Saiyan na série. E isto sem ter o “obrigatório” coração puro.

Apesar do seu espírito lutador, e da vontade de se superar a si mesmo vezes e vezes sem conta, Vegeta não está isento de falhas. E a sua maior força é também a sua maior fraqueza: o seu orgulho. Vegeta possui uma fé inabalável na sua própria força, na sua própria raça. Portanto, durante várias ocasiões, esse mesmo orgulho também deu lugar a uma arrogância sem medida, o que o levou a tomar algumas atitudes que, em retrospetiva, são condenáveis. Case in point, e para um pouco de contexto: na saga dos Andróides, Cell, um bio-ciborgue, revela-se como o vilão principal deste arco (também ele) marcante. O vilão possui apenas um intuito: de se tornar no guerreiro perfeito. Para isto, Cell tem de absorver dois ciborgues para poder evoluir. Quando Vegeta, com o Super Saiyan “evoluído”, enfrenta Cell na sua forma semi-perfeita (ou seja, com um dos ciborgues absorvidos) com as maiores facilidades. No entanto, Cell teve a brilhante ideia de manipular o guerreiro para permitir que este possa evoluir. Um ato que Vegeta permite que aconteça!

E esta não seria a última vez que Vegeta cometeria uma atrocidade: na saga de Majin Buu, Vegeta – que, nesta altura, acreditava ter-se amolecido com a vida na Terra – deixara-se corromper pela magia de Babidi, tornando-se malvado novamente (e recebendo um upgrade nesse processo). Sem esquecer que, após esse feitiço, Vegeta acabou por matar uma boa porção de gente. Tudo porque o Príncipe dos Saiyans queria uma desforra contra Goku! Ainda que tenha virado a casaca e revoltado contra o seu “mestre” num dos momentos mais poderosos de Dragon Ball Z, o dano já estava feito.

Dito isto, e apesar da sua faceta dura, Vegeta também se liga bastante à sua vida na Terra. A sua primeira ligação emocional foi com Bulma, a amiga de Son Goku e responsável pela invenção mais icónica dos animes. Foi com ela que Vegeta forma a sua primeira relação amorosa, relação essa que viria a dar origem a Trunks, um dos personagens favoritos dos fãs. Este nascimento também fomentou um lado inesperado do personagem: o de homem de família. Vegeta pode fazer o seu esforço para tentar ser o melhor, mas nada disso descura o seu esforço para poder ser um bom pai, renegando o treino habitual para levar Trunk ao parque de diversões. Em Dragon Ball Super, Vegeta chegou perto de desistir de aparecer no Torneio do Poder só para poder testemunhar o nascimento de Bulla, a sua filha.

Com tantos ingredientes, faria sentido se, por uma vez ou outra, Vegeta tivesse a oportunidade de brilhar, tal como merece. No entanto, e apesar de tantos power-ups e sacrifícios e crescimento e amplas oportunidades, parece que Vegeta estará condenado a ficar na sombra de Son Goku. Son Goku, um guerreiro brilhante que está constantemente a quebrar os seus limites (Ultra Instinct, por exemplo), mas que não só é capaz de condenar vários universos pela oportunidade de confrontar guerreiros mais fortes do que ele, como também pensa que “casamento” é uma refeição!

Não podia deixar este pequeno texto sem algumas citações icónicas do Príncipe, pois não? Ora aqui vão algumas:

“I do not fear this new challenge. Rather like a true warrior I will rise to meet it.”

“Strength is the only thing that matters in this world. Everything else is just a delusion for the weak.”

“Never send a boy to do a man’s job.”

“There’s only one certainty in life. A strong man stands above and conquers all!”

“You can take control of my mind and my body, but there is one thing a Saiyan always keeps… his PRIDE!”

“Every time I reach a new level of strength, a greater power appears to challenge my authority. It’s as if fate is laughing at me with a big stupid grin, just like Kakarot.”

“Kakarot… Please… Destroy Frieza… He made me what I am… Don’t… let him… do it… to anyone else. Whatever it takes… Stop him… Please.”

“Trunks, Bulma, I’m doing this for you. And yes, even for you, Kakarot.”

“There’s no such thing as fair or unfair in battle. There is only victory or in your case, defeat.”

“Where is your honor? Like all pure-blooded Saiyans, Kakarot would rather die fighting than win with one of those disgraceful senzu beans as his crutch! Kakarot trained in the hyperbolic time chamber just as we did. Now let’s see what he can do!”

“Even the mightiest warriors experience fears. What makes them a true warrior is the courage that they possess to overcome their fears.”

“Push through the pain, giving up hurts more.”

E, claro está…

“IT’S OVER 9000!!!!!”

Comments