Frame by Frame Marvel's Jessica Jones TV

Jessica Jones – 2×03 – AKA Sole Survivor

Jessica Jones

CONTÉM SPOILERS!!!

Após um par de episódios separadas, eis que o terceiro episódio de Jessica Jones nos relembra que temos ao nosso dispor uma das mais poderosas duplas femininas no Universo Cinematográfico da Marvel!

Jessica (Krysten Ritter) e Trish (Rachael Taylor) conseguiram sobreviver ao assalto que ocorreu no episódio anterior. Sem quaisquer pistas, as duas juntam forças para chegarem à questão da IGH, o que as leva a tomar algumas metodologias fora do vulgar. Este episódio volta a reforçar a ideia de que, apesar das suas claras diferenças, estas duas mulheres fortes são ainda mais fortes quando juntam as suas capacidades únicas para resolver um mistério pendente. 

Este episódio também ajudou a explorar melhor o que se passa na cabeça de Jessica. E é aqui que entram as cicatrizes da temporada anterior. Com a mente cada vez mais frágil, as próprias visões aterradoras começam a colocar a sua vida num completo avesso. E vermos a reação assustada de Ritter estampada na cara ajuda a mostrar muito bem o que se está a passar e a urgência de resolver a questão dos vinte dias perdidos.

Mas também o episódio avançou um pouco no campo das personagens secundárias. Apesar de não termos visto muito, Oscar (J.R. Ramirez) cada vez mais vai ganhando destaque como o novo zelador do prédio onde Jessica vive. Embora existe uma espécie de animosidade entre os dois, está mais que patente que existe uma dica de uma química entre as duas personagens. Se haverá algum desenvolvimento entre os dois para algo mais amigável, somente os próximos episódios o dirão. 

Jeri (Carrie-Anne Moss) também esteve em destaque no episódio desta semana. Apesar de ter regressado à sua faceta habitual, esta fê-lo pelas melhores razões, já que está prestes a ser corrida da empresa por causa do seu estado de saúde. Ao terceiro episódio, descobre-se finalmente qual é a doença que esta sofre. Apesar de não ser exatamente um fator novidade – muitas outras séries já começam a referir essa doença – já serve para melhor contextualizar as suas ações. 

O grande problema reside na própria IGH. Nesta altura do campeonato, ainda pouco ou nada se sabe sobre esta misteriosa organização tirando o facto de estar por detrás dos vários indivíduos com super-poderes. Julgava-se que, ao terceiro episódio, já se começassem a fazer sérios avanços nesta frente; no entanto, parece que Jessica Jones procura investir mais na protagonista e nos intervenientes secundários do que propriamente desenvolver o grupo antagonista.

0 78 100 1
78%
Average Rating

Jessica Jones continua a investir no desenvolvimento das personagens, ainda que para isso fique a perder no desenvolvimento da trama principal.

  • 78%

Comments