Grace and Frankie Mini-Reviews TV TV

Grace and Frankie – Season Finale – 4ª Temporada

Grace and Frankie

Grace and Frankie está de volta e continua a manter a sua qualidade com o auxílio das fantásticas Jane Fonda e Lily Tomlin. E ainda existem algumas surpresas, contribuindo para que a série nunca canse o espectador.

O Melhor:

Grace and Frankie é uma comédia estupenda e rara.

A forma como lida com o envelhecimento, sempre com uma pitada de humor mas nunca sem ultrapassar os limites do exagero, torna-a numa série importante. A nível social, Grace and Frankie é maravilhosa, ao ponto de interligar as personagens com diferentes orientações sexuais, costumes e feitios e articulá-las com uma narrativa simples e divertida.

Apesar de não chegar aos calcanhares da temporada anterior, a aparição inicial de Lisa Kudrow acaba por trazer um novo rumo à história. Mas, apesar de tudo e da dinâmica das atrizes, teve um desfecho apressado.

Mas são as senhoras e senhores Jane Fonda, Lily Tomlin, Martin Sheen e Sam Waterston que roubam todo o protagonismo – (não esquecendo a hilariante June Diane Raphael que continua com o seu humor mordaz e ousado). Eles são a prova de que não há idade onde o amor, a amizade e a família consiga florescer. Os acontecimentos mais trágicos da vida não são impedimento para não se continuar a vivê-la, nem mesmo quando sentimos que nos aproximamos para o seu desfecho.

É esta premissa que leva Grace and Frankie a um patamar superior relativamente a muitas comédias do género. Não há receio de arriscar, de provocar o espectador mais retrógado. Aqui, vemos senhoras com 70 anos a vender vibradores, a fumar uns “charutos” de erva, a quebrar corações como se fossem adolescentes e sem medo de viverem sozinhas sem serem “atiradas” para um lar.

A componente da sanidade e das debilidades físicas intrínsecas do envelhecimento são também abordadas de forma bonita, divertida e torna-se um veículo para sensibilizar os demais fãs da série que já atingiram a faixa etária dos 60 que há muito ainda por explorar e viver com esta idade e que devemos viver a vida ao máximo até ao último momento porque só existe uma e ela é preciosa.

O Pior:

Mais uma vez Grace and Frankie termina e deixa-nos já com saudades.

A série é tão leve e divertida que, quando a terminamos, ficamos com um travo amargo por nos despedirmos dela.

Como mencionado anteriormente, talvez o ponto menos positivo da temporada e que a distingue da anterior, é precisamente não saber utilizar a presença de Lisa Kudrow de forma constante, criando um mini-arco narrativo que cai por terra e não surte o efeito desejado.

Tirando isto, Grace and Frankie continua maravilhosa.

Estado da série: RENOVADA

Leiam a Mini-Review da temporada anterior de Grace and Frankie aqui.

0 92 100 1
92%
Average Rating

Grace and Frankie continua a provar que é uma comédia inteligente e divertida ao tomar certos riscos para expor alguns temas tabus de Hollywood, especialmente o envelhecimento e a orientação sexual.

  • 92%

Comments