Black Lightning Frame by Frame TV

Black Lightning – 1×03 – LaWanda: The Book of Burial

Black Lightning

CONTÉM SPOILERS!!!

O mini-arco narrativo focado em LaWanda chegou ao seu fim, mas deixou a sua marca em Black Lightning!

A morte da mãe solteira na semana passada abriu os olhos da população de Freeland, com o reverendo local a preparar uma marcha para fazer frente ao The 100 Gang, algo que nem Jefferson (Cress Williams) nem Henderson (Damon Gupton) estão em apoio. Enquanto que a polícia faz o melhor, Jefferson e Gambi (James Remar) tentam preparar para uma dura vigia da marcha.

Este arco narrativo foi mais direto do que os episódios anteriores, que se focaram nas razões do regresso de Jefferson Pierce como Black Lightning e as consequências que esse regresso trouxe, tanto a níveis sociais como familiares. E esta semana não foi exceção, mas esta dualidade teve um menor impacto no geral. No caso da vida pessoal de Jefferson, a tensão entre este e Lynn (Christine Adams) estiveram altas, mas também se teve direito a um pouco de humor, nomeadamente na reação dos dois adultos pelo anúncio surpreendente de Jennifer (China Anne McClain). São estas pequenas coisas que tornam Black Lightning diferente das suas irmãs da The CW. E são mudanças sempre bem-vindas. 

Anissa (Nafessa Williams) também teve direito a um pouco de destaque esta semana. Com o aparecimento dos seus poderes (que envolvem super-força e resistência física), a jovem encontra-se a delirar com esta nova descoberta. No entanto, esta também descobre que este seu novo entusiasmo traz consigo novas consequências para a sua vida. Por um lado, ganha uma nova amiga na forma de Grace Choi (Chantal Thuy), uma bartender atraente com um fascínio com bandas desenhadas (by the way, clever Easter Egg); mas acaba por perder o seu relacionamento atual e a desligar-se lentamente da sua família. Ainda existe aquela curiosidade sobre o que espera a jovem Pierce, mas esperam-se novos conflitos num futuro próximo. 

Black Lightning: Herói ou Vilão? seria um título que faria sentido num tablóide de Freeland. E não seria para menos, com este episódio a mostrar como o regresso do herói é recebido na cidade: os cidadãos olham para o super-herói como um Black Jesus, a polícia vê como um vigilante que só traz problemas. Tobias Whale (Marvin ‘Krondon’ Jones III) vê como uma pedra no sapato. Enquanto que este último não mostra muito de novo, é nas duas primeiras perspetivas que se vê o maior peso. Apesar de serem tão díspares entre si, conseguem descrever bem o impacto cultural de Black Lightning na sociedade. Faz lembrar o mesmo que Mike Colter testemunhou como Luke Cage há dois anos atrás. Resta saber qual dos dois triunfará na sua execução. 

0 0 100 1
%
Average Rating

Comments