Frame by Frame This Is Us TV

This Is Us – 2×11 – The Fifth Wheel

This Is Us

CONTÉM SPOILERS!!!

This Is Us está de regresso após uma longa pausa de Inverno. E trás consigo um dos episódios mais intensos da temporada até ao momento!

Decorrido um mês após a forma como o episódio anterior encerrou (podem ler o nosso veredito aqui), Kevin (Justin Hartley) encontra-se em reabilitação devido ao seu vício do álcool. Para “celebrar” esta meta, Kevin convida Randall (Sterling K. Brown), Kate (Chrissy Metz), Rebecca (Mandy Moore) e os seus respetivos cônjuges – Toby (Chris Sullivan), Beth (Susan Kelechi Watson) e Miguel (Jon Huertas) – para uma visita. Que também envolve uma sessão com Barbara (Kate Burton), a psicóloga do retiro.

Já se sabe que os Pearsons, apesar das suas respetivas histórias comoventes, acabam por ter as suas próprias imperfeições. A sessão com a psicólogo tomou um grande quinhão deste episódio. No entanto, surtiu o efeito pretendido para esta semana, com cada momento mais negro a vir ao de cima.

Já acompanhamos as (des)venturas deste clã familiar há uma temporada e meia. Portanto, é normal que saibamos, nas palmas das nossas mãos, o que cada um deles vê como certo ou errado, o justo do injusto. Cada um deles possui o seu próprio ponto de vista, cada um deles possui os seus próprios argumentos pelas suas ações. No entanto, são pontos de vistas que não foram explorados pelos personagens. Até este episódio, com Kevin (um Justin Hartley a demonstrar, novamente, que esta temporada pertence, de forma justa, a Kevin “Number One” Pearson) a abrir-se sobre a sua própria perspetiva sobre a sua infância e de como a sua própria experiência o moldou no poço de imperfeições que é Kevin Pearson.

Mas é claro que, sendo os Pearsons uma família disfuncional, cada um deles teve direito a falar sobre a sua própria perspetiva de certos momentos do passado. Ver Randall a defender Rebecca dos “ataques” de Kevin enquanto que Randall contra-ataca forte e feio, são estes pequenos momentos que tornam This Is Us uma série de referência. E quando se pensa que trazer verdades nuas e cruas ao de cima poderia fragmentar esta família, eis que The Fifth Wheel nos manda uma “tanga” e fortalece os laços familiares, algo que ganha mais força na cena reservada apenas para os The Big Three.

Para matar tempo, Toby, Beth e Miguel vão para um bar passar tempo, o que foi exatamente que fizeram neste episódio. No entanto, este “passar o tempo” ajudou a juntar três personagens que, em outras circunstâncias, jamais se reuniriam. Também tiveram direito a lamentar o quão secundários eles são quando comparados com os Pearsons, o que dá para um pouco de meta-humor. Ajuda quando This Is Us aproveita o hype de Star Wars e faz uma analogia que, no fim e ao cabo, faz verdadeiro sentido sobre a sua posição na série.

The Fifth Wheel também marcou pela diferença pelo facto de o flashback fazer alguma ligação com a trama atual. Neste subplot, Jack (Milo Ventimiglia) prepara umas férias para a sua família. Era tudo para ser um momento doce para os Pearsons durante os anos 80; no entanto, este episódio, por mais adorável que possa ter sido pela presença dos miúdos, a verdade é que este subplot veio reforçar, novamente, a ideia de que, apesar de tentarem o seu melhor, Jack e Rebecca não eram bons pais, cada um deles com o seu “vício”, seja Jack a passar a mão nas costas de Kate ou Rebecca a dar mais atenção a Randall ou Kevin a ser relegado para o espaço cénico… Há de tudo um pouco nesta semana.

P.S.: Parabéns a Sterling K. Brown por ter ganho o Globo de Ouro para Melhor Ator Secundário numa Série Drama no domingo passado.

0 88 100 1
88%
Average Rating

Após uma longa pausa de Inverno, This Is Us faz o seu triunfante regresso com um dos episódios mais carregados da temporada até à data.

  • 88%

Comments