Mini-Reviews TV The Crown

The Crown – Season Finale – 2ª Temporada

the crown

The Crown está de volta para a segunda temporada. A série mais cara da Netflix (foram investidos 130 milhões de dólares na primeira temporada) fala-nos da vida da atual rainha de Inglaterra, Isabel II e da sua jornada até aqui.

Nesta segunda temporada o foco deixa de ser a própria rainha (Claire Foy) que passa o seu protagonismo a personagens como Philip (Matt Smith), o Duque de Edimburgo, e até à sua irmã mais nova, a Princesa Margaret (Vanessa Kirby). The Crown mostra-nos, agora, uma rainha de meia-idade, com o cansaço que o seu papel acarreta. No entanto, é possível vermos que apesar de todos os problemas familiares, a rainha nunca deixa que isso a impeça de governar Inglaterra e, apesar de ter momentos maus, Isabel II é uma mulher que sabe superar os desafios que lhe são propostos e que, para além disso, se vem tornando cada vez mais fria desde o início da série.

O MELHOR:

Uma das coisas que mais me fascina na série tem a ver com o seu realismo. Saber, ainda que com alguma fantasia pelo meio, quais as decisões difíceis que a rainha tomou até agora, como é a vida da monarca inglesa e qual o seu papel é algo que me desperta bastante curiosidade. Este foi o principal motivo que me levou a ver a série e a verdade é que valeu a pena. The Crown está muito bem realizada e conta com um conjunto de atores escolhidos a dedo. A reconstrução histórica está muito bem conseguida nesta temporada que nos leva até meados dos anos 60.

A caracterização das personagens está feita de forma brilhante e basta alguma pesquisa para percebermos que os pequenos detalhes não falharam à equipa de realização e até mesmo de guarda-roupa. Para além disso, é de destacar o papel das personagens principais que aqui fazem um excelente trabalho.

Para além disso, gostei de ver histórias reais relatadas em episódios como foi o caso da entrada do Príncipe Charles na escola, cujo episódio se foca apenas em Philip. É ainda interessante o papel da Princesa Margaret que desde o início se mostrou irreverente e moderna, chegando mesmo a estar “à parte” da restante família real, e mostra-o ainda mais nesta temporada.

O PIOR:

A segunda temporada de The Crown é bastante mais política do que a primeira temporada. Desde os conflitos no Egito e o Canal de Suez, à visita do casal Kennedy e às questões do Gana, é-nos possível ver a intervenção da rainha e o seu papel para o país. No entanto, isto pode fazer com que esta temporada se torne um pouco mais desinteressante e mais difícil de se assistir.

Para além disso, a constante mudança entre episódios de cariz histórico e episódios de natureza pessoal chega a tornar-se confuso para quem assiste, acabando também por se perder alguma coesão e ligação nesta temporada.

 

Estado da série: RENOVADA

Consultem a mini-review da temporada passada aqui.

0 75 100 1
75%
Average Rating

The Crown retrata de forma fantástica a vida de Isabel II, seja a nível pessoal ou a nível político. Apesar de esta temporada se focar mais na política, a série não perde, de todo, a sua essência e o seu interesse.

  • 75%

Comments