Designated Survivor Mini-Reviews TV TV

Designated Survivor – Midseason Finale – 2ª Temporada

Designated Survivor

Ora aqui estamos nós, para mais uma temporada de Designated Survivor. Já sabem o que deverão esperar nesta altura do campeonato!

O MELHOR

Na primeira temporada, Kiefer Sutherland foi bastante elogiado pela sua performance como o Presidente Tom Kirkman, um homem comum que se vê tornado no Presidente dos Estados Unidos após um atentado em território norte-americano. Essa mesma temporada colocou vários desafios que procuraram mostrar o homem por detrás do manto do poder.

Bem, “em fórmula que funciona, não se toca”. E foi isso que se registou nesta primeira parte da segunda temporada, com Kirkman novamente com todo um novo conjunto de desafios que fazem uma comparação assustadora com a nossa realidade atual e que colocam a sua Administração numa verdadeira prova de fogo. E essas provas de fogo enaltecem o homem que Tom Kirkman é e que Sutherland tenta, com sucesso, transmitir a cada momento que passa num episódio.

O PIOR

Para quem acompanha o drama dos bastidores da série, sabe que Designated Survivor passou por um mau período em que showrunners parecem mudar-se como quem muda uma peça de roupa. Anteriormente, a série era tida como uma espécie de “casamento” entre o thriller de Quantico e o drama político de The West Wing, um equilíbrio palpável que tornou a série interessante de se ver.

É uma pena então que, para esta segunda temporada, Designated Survivor tenha perdido grande parte do seu apelo ao focar-se no aspeto político e não conceder uma conspiração interessante e capaz de seduzir os espectadores mais céticos da série.

Ao elenco da primeira temporada, juntam-se caras novas, tais como Paulo Costanzo como Lyor Boone, um conselheiro de imagem da Casa Branca, Zoe McLellan como Kendra Daynes, a nova advogada da Casa Branca, ou Ben Lawson como Damian Rennett, um agente da MI6 e novo parceiro de Hannah Wells (Maggie Q). Infelizmente, estas caras novas nada de novo introduzem à anterior fórmula de sucesso.

Também não ajuda quando, numa série já overcrowded, grande parte dos intervenientes parece estar parado no tempo, sem qualquer tempo ou circunstâncias para melhor ligar os fãs às personagens. Fica a ideia de, além de serem autênticos estereótipos anteriormente vistos em outras séries do mesmo calibre, simplesmente estão lá para preencher espaço.

A segunda metade da temporada regressará em finais de Fevereiro. Podem ler o que achámos da temporada anterior aqui.

Estado da série: ONGOING

0 64 100 1

64%
Average Rating

Quaisquer qualidades que Designated Survivor possa ter exibido no passado, parece que se perdeu no foco do drama politico-social em detrimento de um ongoing plot interessante e de novas caras ainda menos interessantes.

  • 64%

Comments