Frame by Frame TV Vikings

Vikings – 5×03 – Homeland

Vikings

Contém Spoilers.

Tudo bem, tiveram um mau regresso, mas acho que recompensaram neste terceiro episódio.

Para aqueles que estavam à espera de muita luta e ação, Homeland não poupou em pormenores quanto à batalha sangrenta, entre vikings e saxões. Podemos dizer que realmente estão de volta.

Se bem que ainda existem muitas falhas quanto à exposição do argumento. A passagem de uma cena para outra faz-se de forma rápida e é notória uma falha de organização entres os próprios frames. Mas mesmo assim, conseguiram cativar-nos para uma cena interessante, onde a inteligência dos nortenhos se revelou superior à ingenuidade do rei Aethelwulf e do Bispo Heahmund.

Mas sejamos sinceros, Ivar tem sido o homem desta temporada. A junção de loucura com a sua esperteza permitiu que derrotassem os saxões na batalha de York, de uma forma sádica e violenta que só os vikings sabem ter. Portanto, Alex Høgh Andersen está mesmo de parabéns pela excelente performance neste episódio. Contudo, as disparidades entre Ube e o seu irmão mais novo aumentam cada vez mais. Ube pretende assentar e reclamar as terras deixadas a Ragnar por Ecbert, mas Ivar não é assim tão fraco, e as suas intenções são bem diferentes.

Depois de uma tentativa falhada de reconciliação com Aethelwulf, Ube e Hvitserk foram bem humilhados pelo Bispo Heahmund e voltaram com uma renuncia de paz e muito sangue na cara, o suficiente para permitir que Ivar tomasse as rédeas do grande exercito nortenho e piorasse as relações entres os irmãos.

Talvez o retorno de Ube a Kattegat se torne numa possível aliança com Lagertha, que sejamos sinceros, não morre de amores por Ivar. A sua ausência no episódio foi sentida, mas talvez se torne um pacto interessante que poderemos ver nos restantes episódios.

Ainda assim, o Earl Harald continua na sua tentativa desesperada em arranjar uma rainha, mas Astrid não é fácil de convencer e talvez volte para junto de Lagertha em Kattegat.

Também Floky se fez aparecer neste episódio, mas por pouco tempo. Em relação a esta personagem, o enredo não evoluiu muito, não percebemos bem o objetivo deste retiro espiritual de Floky com os Deuses, muito menos se o seu futuro na série poderá estar comprometido ou não, mas não percam o próximo episódio, porque nós também não.

Foi um bom episódio. O enredo apresenta vários focos principais, com vários cenários e algumas personagens para acompanhar, talvez isso se torne um pouco difícil de conciliar, mas este episódio mostrou e deu mais importância ao que realmente interessava. Para quem ficou um pouco desiludido com os episódios passados, este tornou-se suportável, não houve tempos mortos, conciliou-se bem a ação com o drama e não perdemos atenção um único minuto.

Uma pequena luz ao fundo do túnel, que poderá trazer de novo a autenticidade de uma série que tem tudo para voltar a ser o que era.

0 75 100 1

75%
Average Rating

Começaram mal mas ainda assim foi uma boa recuperação. O terceiro episódio da nova temporada de vikings foi intenso, uma boa mistura de drama e muita ação. Ainda assim, não vamos deitar os foguetes antes da festa, muito coisa ainda está por vir. As relações entre os irmão Lothbrok estão definitivamente quebradas e que será do destino de Astrid agora que se encontra sobre a alçada do rei Harald?

  • 75%

Comments