Frame by Frame Marvel's Inhumans TV

Inhumans – 1×08 – …And Finally: Black Bolt

Inhumans

CONTÉM SPOILERS

E ora aqui estamos, para a season finale de uma série da Marvel que poderia ter sido melhor trabalhada em todos os campos possíveis.

O conflito entre Black Bolt (Anson Mount) e Maximus (Iwan Rheon) começa a chegar ao seu inevitável clímax, com Atillan prestes a ser desintegrada numa questão de minutos. Com o destino do seu povo em risco, a Família Real começa a preparar para um êxodo em massa. Mas não sem antes de resolverem alguns assuntos pendentes a tratar. 

Tratando-se do final da série (ainda se desconhece se terá direito a uma renovação), seria inevitável que alguns assuntos pendentes tivessem de ter uma resolução. E foi isso que obtivemos esta semana, com o conflito entre Black Bolt e Maximus a ganhar uma nova dimensão mais pessoal para os irmãos. Embora não seja exatamente chocante, apenas serve para dar mais uma dose de tragédia para os Boltagon lidarem. Fica no ar se isto acaba por resolver alguma questão entre eles, mas é mais que óbvio que os dois homens acabam por se revelar como versões diferentes do que vimos no episódio de estreia, com Black Bolt a ganhar uma réstia de honra e Maximus a cada vez mais a cair num típico estereótipo de um tirano embebedado pelo poder, algo que se veio a registar ao longo dos últimos episódios.

Mas pelo menos deu para espreitarmos mais um pouco sobre o Inhuman tido como o magnata de Atillan. Anson Mount pode não ser exatamente um dos melhores atores que podemos encontrar na indústria televisiva, mas ao menos conseguiu ser bem expressivo, algo que se registou mais ainda esta semana.

Mas o foco no personagem principal acaba por minar todo o trabalho do elenco secundário (tirando duas exceções, mas mais sobre isso mais à frente), que esta semana pouco ou nada fez do que estar numa corrida contra o tempo para ajudar na evacuação.

As exceções foram Karnak (Ken Leung) e um Gorgon (Eme Ikwuakor) regressado dos mortos, que protagonizaram o enredo C da semana. Apesar de contar com alguma carga dramática (nomeadamente o facto de ambos os familiares agora carregarem um fardo bem pesado), também foi alvo de um “apontar de dedos” que se repetiu desde o início até ao fim e que foi perdendo a sua piada eventualmente. 

Como foi dito em cima, alguns dos elementos a tratar foram encerrados (talvez não da melhor forma). Mas também nos foi concedidos alguns mistérios novos para resolver, nomeadamente uma “nova ameaça” que está por chegar. Embora nada se saiba sobre esse elemento, sempre seria uma nota interessante para ter em conta, além da identidade misteriosa do/a chefe de Louise (Ellen Woglom). Mistérios que irão manter-se secretos caso não haja uma renovação. 

0 59 100 1

59%
Average Rating

A primeira temporada de Inhumans encerra tal como começou: como um dos piores exercícios de como fazer uma série televisiva da Marvel.

  • 59%

Comments