Arrow Frame by Frame TV

Arrow – 6×05 – Deathstroke Returns

arrow 6x05

CONTÉM SPOILERS

Esta semana foi de regressos para Arrow, com Slade Wilson (Manu Bennettde volta à vida de Oliver (Stephen Amelle também com o reaparecimento de Vigilante. Ambos os enredos foram agradáveis, mantendo-se originais apesar de utilizarem personagens que já vimos antes.

Através de flashbacks (pela primeira vez em muito tempo úteis e interessantes) ficamos a conhecer o filho de Slade e um pouco da sua vida antes de se tornar no Deathstroke que conhecemos. Embora fosse desde sempre alguém que vive em conflito e capaz de fazer coisas com as quais não é fácil viver, Slade mostrava algum remorso. Apesar de continuar a utilizar termos como “a luz e a escuridão” como se ainda tivessem impacto para além do ridículo, o regresso de Slade funcionou. A série soube bem demonstrar a preocupação que Slade tinha com o filho e a necessidade que sentia de forçar uma relação que não parecia existir. Este contexto ajuda-nos a sentir alguma ligação com a missão do presente, salvar Joseph (William Franklyn-Miller/Liam Hallda prisão. Oliver acompanha Slade com o objetivo de usar o seu nome para ajudar, mas é inevitável ter que utilizar também as suas capacidades menos diplomáticas. Felizmente os problemas de Oliver, ainda que presentes na sua dificuldade de equilibrar a promessa ao filho e a sua vontade de ajudar, passaram para segundo plano deixando o enredo de Slade desenvolver. A forma como o episódio desvenda o destino de Joseph não é a mais original mas deixa alguma curiosidade em relação ao futuro.

Em Star City a legislação anti-vigilante continua a ser um problema e começa a piorar quando Vigilante (Johann Urbtenta assassinar uma das responsáveis. Não é muito claro se os planos da série quanto ao Vigilante sempre foram estes, mas é excelente que pela primeira vez não estejam relacionados com Oliver. Apesar da revelação de que Vigilante é o ex parceiro e namorado de Dinah, este tem os seus próprios motivos que em nada estão relacionados com a equipa. Colocar Dinah numa posição de mais destaque é sempre bem-vindo, já que Juliana Harkavy tem tido uma optima prestação e estava até agora a servir apenas de apoio a Diggle (David Ramsey). Esperemos que esta oportunidade seja bem utilizada.

A maré de sorte de Arrow parece ter chegado para ficar, com mais um episódio que ainda não sendo perfeito aponta para um futuro de maior qualidade.

0 79 100 1
79%
Average Rating
  • As bases para esta temporada estão bem construídas, com um episódio que soube usar o passado de uma forma inteligente pela primeira vez na série.
    79%

Comments