Frame by Frame This Is Us TV

This Is Us – 2×05 – Brothers

This Is Us

CONTÉM SPOILERS

Ora aqui estamos, para mais uma dose semanal das doces aventuras dos Pearson!

No passado, Jack (Milo Ventimiglia) leva Kevin (Parker Bates) e Randall (Lonnie Chavis) para um acampamento só para os três homens da casa, deixando Rebecca (Mandy Moore) e Kate (Mackenzie Hancsicsak) para trás. Pode parecer algo um tanto ou quanto básico, à primeira vista; no entanto, é aqui que vemos mais uma vez os dotes parentais de Jack em plena ação, além de vermos mais um pouco da rivalidade entre os dois jovens, culminando numa doce cena que mostra que não existe um amor tão poderoso como o amor entre irmãos. Irónico, visto que Jack nos reservou uma outra surpresa no final do episódio.

Já Rebecca tem de lidar com uma situação complicada quando descobre que o pai de Jack, Stanley (Peter Onorati), está à beira da morte. Sem saber o que fazer, e sem possibilidade de contactar Jack atempadamente, a matriarca da família dirige-se para o lar de idosos onde Stanley se encontra. Embora esta não tivesse o tempo de antena necessário, Mandy Moore esteve mais do que à altura do desafio proposto. Isso e também termos a oportunidade de relembrar o laço adorável entre esta e a jovem Kate, uma contraposição com a relação atual entre as duas Pearson.

Falando em atualidade, Kevin (Justin Hartley) está de visita, o que lhe permite, além de se reunir com Sophie (Alexandra Breckenridge), de se reencontrar com Randall (Sterling K. Brown) e conhecer finalmente Deja (Lyric Ross). Não vou disfarçar o desdém que tive para com Kevin na temporada anterior, já que, quando comparado com os outros dois membros dos “Três Grandes”, não trouxe nenhum conflito de interesse para investir tempo. Dito isto, esta segunda temporada parece comprometida – e a cumprir, até agora – em colocar Kevin numa posição mais vulnerável que o habitual. E se ele pode estar a piorar – logo, a tornar-se mais interessante de ver – parece que as coisas poderão piorar ainda mais.
Randall e Deja protagonizaram o outro grande momento da noite: o momento em que a jovem adotada finalmente começa a dar-se a conhecer, em específico a sua história de origem. Apesar de este tipo de histórias não ser algo assim de novo de se ver na televisão, o caso muda quando é a jovem de 12 anos a relatar os seus traumas. E isso já lhe confere um poder emocional raramente visto na televisão.

E ainda tivemos espaço para visitar Kate (Chrissy Metz) e Toby (Chris Sullivan), com este a descobrir sobre a gravidez de Kate. Sim, em comparação com os outros segmentos do episódio, este teve um teor mais feeling good. No entanto, e no meio de tanto drama poderoso, era necessário uma espécie de toque mais leve. Sim, o caso de Kate pode ser bastante sério, mas se a cena final do casal não vos fez soltar, no mínimo, um sorriso, é porque não foram suficientemente engraçados.

0 80 100 1

80%
Average Rating

Mais uma semana, mais uma mensagem tocante que This Is Us consegue transmitir na perfeição para o espectador.

  • 80%

Comments