Arrow Frame by Frame TV

Arrow – 6×01 – Fallout

arrow

Estreou esta semana a sexta temporada de Arrow, depois de uma temporada que deixou muito a desejar. Cabe a este regresso restaurar alguma confiança na série, provando que pode melhorar e subir ao nível das suas colegas da CW.

(CONTÉM SPOILERS)

Com um final que deixou a sobrevivência das personagens em aberto, a forma como a série lida com este episódio é crucial para estabelecer o tom da temporada. Arrow nunca foi boa a lidar com mortes, razão pela qual esta escolha me deixou com algum receio. E a verdade é que como já deviam estar à espera, as consequências do final de temporada foram bastante poucas, chegando ao ponto em que é impossível abordar este episódio sem spoilers.

Pouco a pouco vai-nos sendo revelado quem sobrevive, sendo que rapidamente percebemos que toda a equipa está intacta. Não quero com isto dizer que não existam mazelas. Diggle (David Ramsey) foi claramente afetado e avizinham-se tempos complicados para a personagem que podia até aqui sempre contar com as suas habilidades. Quentin continua a não conseguir distinguir Black Siren de Laurel, levando-o a tomar uma decisão que o traumatizou em Lian Yu. O regresso ao álcool e a relação que surge com Dinah (Juliana Harkavy) são um bom ponto de partida para Paul Blackthorne explorar esta personagem um pouco mal-tratada pela série.

Para Oliver (Stephen Amell) a grande consequência de Lian Yu prende-se com William (Jack Moore), pelo qual se vê agora responsável. Poderia ser uma situação interessante, não fosse o enorme peso que traz para uma personagem cujo principal problema era precisamente o facto de estar sempre em baixo. As cenas com William também são muito pouco naturais, com diálogos bastante mal construídos.

Sobre o vilão desta temporada não sabemos ainda muito, tendo este episódio mantido o foco na Black Siren e nos seus esforços para derrotar a equipa. Caso seja esse o plano para a temporada em geral, prevê-se alguma dificuldade em convencer o público já que falta à personagem uma motivação interessante e a Katie Cassidy capacidade para ser uma vilã que fuja a estereótipos.

Ainda que o episódio tenha sequências de ação interessantes e um tom em geral mais leve, não consegue mostrar uma direção mais aliciante para a série.

0 64 100 1
64%
Average Rating
  • Ainda que o episódio tenha sequências de ação interessantes e um tom em geral mais leve, não consegue mostrar uma direção mais aliciante para a série.
    64%

Comments