Frame by Frame This Is Us TV

This Is Us – 2×03 – Déjà Vu

This Is Us

CONTÉM SPOILERS

Uma semana sem os nossos amados Pearson não seria uma semana normal, não acham?

Randall (Sterling K. Brown) e Beth (Susan Kelechi Watson) recebem uma notícia de última hora quando descobrem que uma potencial candidata para adoção vai aparecer no seu “palácio”. Por isso, seria normal que víssemos este casal num verdadeiro “ataque de nervos”, com efeitos hilariantes pelo meio. Mas o que recebem em casa não vai de encontro com o que esperavam: Deja (Lyric Ross), uma rapariga de 12 anos que foi “arrancada” da mãe por esta ter cometido um crime. Quem já passou uma situação como esta certamente verá alguma familiaridade com o novo desafio de Randall e Beth, o que não deixa de mostrar uma expectativa de que algo de bom pode acontecer por ali. No entanto, This Is Us sabe como jogar com as nossas próprias expectativas. Mesmo que este segmento não tenha tido o desfecho previsto para os fãs, teve direito aos seus momentos doces, nomeadamente um discurso eloquente de Randall ou a doce iniciativa da jovem Annie (Faithe Herman). O segmento de Randall ganha mais força também com os flashbacks da sua adolescência, numa altura em que este procurava incansavelmente pelos seus pais biológicos. Apesar de este subplot ter corrido conforme o esperado – dado o que sabemos da temporada anterior – tivemos direito a espreitar o que se passava com Randall durante a sua juventude, algo que serve como semelhança com a situação de Deja.

Entretanto, Kate (Chrissy Metz) faz uma visita a Kevin (Justin Hartley) no set do seu filme. E é aqui que encontramos nada mais, nada menos, que o próprio Sylvester Stallone a fazer dele mesmo! Kate revela aqui alguns detalhes íntimos sobre a sua relação com o seu falecido pai ao Sly, e que partilha com Kevin antes de filmarem uma cena importante do filme. Kate pode ter estado, de certa forma, ausente neste episódio; no entanto, deu uma oportunidade de espreitarmos um pouco sobre o que se passa na cabeça de Kevin, deixando dicas aqui e acolá que, muito provavelmente não ultrapassou a morte de Jack (Milo Ventimiglia). 

Falando em Jack, voltamos a dar um salto para o passado, onde, como já se sabia, o casamento dele com Rebecca (Mandy Moore) está, figura e literalmente, por um fio: apesar de viverem juntos e de estarem em lutar, em conjunto, com o problema de alcoolismo de Jack, o casal mal se comunica, deixando transparecer os vários problemas que estes dois amores estão a passar. Para tentar reparar a sua relação em declínio, Rebecca tenta fazer um “Jack Pearson”. No entanto, este não é o mesmo casal perfeito na temporada anterior; são dois adultos que têm vários problemas pendentes de difícil resolução. Portanto, seria de esperar que esta mini-vitória deles tenha sido bastante merecedora, mas não sem antes de colocarem alguns pontos nos is. Não deixa de ser uma pequena esperança de um final “feliz” para eles.

Como já seria de esperar, o episódio desta semana continua a tendência de analisar vários membros de uma família que enfrenta vários problemas que se fazem sentir nesta nossa realidade. E é esse sentido de familiaridade que This Is Us se revela como uma das melhores séries que podemos – e devemos – seguir com afinco! 

0 85 100 1

85%
Average Rating

Novos problemas aguardam os Pearson esta semana, mas não deixa de ser um bom exercício de como fazer uma boa série de televisão.

  • 85%

Comments