Anime Boku no Hero Academia TV

Boku no Hero Academia – Season Finale – 2ª Temporada

Boku no Hero Academia

O MELHOR:

É difícil encontrar shounen animes cujos episódios contribuam equitativamente para o desenvolvimento da história. The Big Three (Bleach, Naruto e One Piece) é um exemplo de como nem sempre é possível satisfazer o rácio entre qualidade e quantidade. No entanto, digamos que Boku no Hero Academia está no bom caminho de satisfazer tal critério.

Esta segunda temporada, para além de ter praticamente o dobro dos episódios relativamente à primeira, centra-se num tema que guia todo o desenvolvimento do enredo e das personagens. Desde os próprios fundamentos da sociedade aos motivos e tenacidade que fazem um herói. Como as experiências dos alunos da U.A. Academy influenciam o seu crescimento enquanto heróis e que nem sempre o ser humano age por puro altruísmo. No fundo, o que é preciso para ser um herói.

No primeiro Arc, U.A. Sports Festival Arc, foi possível não só avaliar e perceber as potencialidades e frustrações das personagens, mas também provar que a teoria nem sempre é possível ser posta em prática. Por seu turno, tendo a oportunidade de ver cada um dos alunos lutar, conseguimos perceber os seus motivos e ambições; ou até mesmo o peso que cada um suporta nos ombros. Todoroki é um exemplo. Apesar de não termos grande informação sobre esta personagem na primeira temporada, temos um novo insight sobre o seu passado. Numa luta com muita acção, Midoriya (Deku) consegue ajudá-lo a definir melhor as suas prioridades. Ao fim e ao cabo, um confronto que reflecte a importância da aceitação pessoal neste processo de crescimento.

Também Tenya ganha um novo protagonismo quando é confrontado com o aparecimento de um novo antagonista, Hero Killer: Stain. Este antagonista construiu uma doutrina que se baseia, mais uma vez, nos princípios que um herói deve seguir. Como o próprio nome indica, quem não cumprir ou seguir esta ideologia é castigado. Boku no Hero Academia mostra-nos, assim, como o extremismo pode ser visto como um acto revolucionário. Aliado ao carisma de Stain, vemos como as pessoas são facilmente influenciadas e como o politicamente correcto não existe atrás do anonimato proporcionado pela internet.

O PIOR:

Apesar desta temporada nos apresentar um pouco da história e origem do One for All, o background ou as intenções de Tomura Shigaraki não são extensivamente exploradas. No entanto, toda esta preparação e tema inerente aos fundamentos de um herói, apontam para esse desenvolvimento no futuro. A ideologia de Stain, todavia, permite a Tomura alcançar a sua motivação. Com novas personagens na League of Villains, resta-nos agora esperar por outro protagonismo de All Might e observar a evolução de Bakugou.

Estado da série: RENOVADA.

0 95 100 1
95%
Average Rating
  • 95%

Comments