Frame by Frame Suits TV

Suits – 7×02 – The Statue

suits

O regresso de Suits trouxe várias mudanças à firma, e este segundo episódio lida agora com as consequências. Harvey (Gabriel Macht) aceita finalmente o seu papel de líder mas tem dificuldades em perceber exatamente como vai desempenhar esse papel. O episódio focou-se em encontrar um equilíbrio entre respeitar Jessica (com um excelente regresso de Gina Torres) e começar o seu próprio caminho. Seguindo o exemplo de Jessica, o primeiro instinto é mostrar ao mundo que Pearson Specter Litt está a entrar numa nova fase… mas essa decisão acaba por ser um risco demasiado grande. As dinâmicas de poder entre Harvey, Louis (Rick Hoffman) e Donna (Sarah Rafferty) são assim testadas durante todo o episódio e trazem à flor da pele os sentimentos dos três. Mais uma vez Suits apresenta um bom conflito que depois resolve de forma demasiado fácil e com um lacinho no topo. Donna aceita “o seu lugar” inexplicavelmente bem, Louis continua a não conseguir lidar com os seus sentimentos e certamente continuará a ter essa dificuldade no resto da temporada… e Harvey atira-se para uma nova relação que vai testar a sua capacidade de equilibrar todos os aspetos da sua vida.


Mike (Patrick J. Adams) voltou a ter algum destaque neste episódio com um enredo um pouco mais interessante. O seu primeiro caso não está a correr tão bem como esperava; apesar de agora ser um advogado sem nada a esconder, o seu passado continua a persegui-lo e surgem ameaças de não conseguir fazer o seu trabalho sem prejudicar os seus clientes pelas suas escolhas. Não querendo ser repetitiva, este é mais um exemplo do ciclo em que Suits se encontra preso há algum tempo onde tão depressa quanto surgem, os conflitos se resolvem. É mau sinal que os dois episódios desta sétima temporada indiquem a continuação deste mau hábito, e não parece estar à vista nenhuma mudança significativa. Mas Suits continua a ter personagens que valem a pena… embora não possa ser eternamente assim.

0 80 100 1

80%
Average Rating
  • Suits continua a ter personagens que valem a pena… embora não possa apoiar-se eternamente nisso.
    80%

Comments