Mini-Reviews TV Shooter TV

Shooter – Season Finale – 1ª Temporada

Shooter

Bob Lee Swagger (Ryan Phillippe) é um ex-sniper dos Fuzileiros norte-americanos que se voluntaria para impedir o assassinato do Presidente dos Estados Unidos da América, para depois ser incriminado de um crime que afirma não ter qualquer culpa. Começa assim uma corrida contra o tempo e contra todos para provar a inocência de Swagger.

O Melhor: Shooter é a mais recente séries que aderiu à moda de adaptação de várias propriedades do grande ecrã para o pequeno ecrã, depois de outras séries como Lethal Weapon ou The Exorcist. O que marca esta série da USA Network pela diferença? É que, de uma forma ou outra, conta com a contribuição de parte da equipa do filme, nomeadamente Antoine Fuqua e Mark Wahlberg (realizador e protagonista respectivamente) como produtores executivos. O que, de certa forma, concede uma certa forma de segurança para os fãs do filme de 2007. Também provando que vai de acordo com os tempos modernos, Shooter conta também com uma espécie de modernização dos vários temas que aborda. Enquanto que o filme abordava o típico thriller que envolve uma conspiração, a série aborda temos políticos da nossa era moderna. Aliado a este modo thriller também encontramos momentos de ação desconcertante, talvez como uma maneira de vermos como a guerra é através dos olhos de um dos melhores snipers da ficção.

Aliado a isto também temos atores de alto calibre por parte do seu elenco, nomeadamente Ryan PhillipeShantel VanSantenCynthia Addai-Robinson ou Omar Epps.

O Pior: A vantagem que muitas outras séries baseadas em filmes anteriores é que aproveitam o legado destas para tentar trazer algo novo (basta ver nos vários enredos que os supra-mencionados Lethal Weapon e The Exorcist abordam semanalmente). No entanto, e apesar de contar com algumas diferenças notáveis entre as duas versões, denota-se ao longe que o rumo da série é bastante semelhante ao filme: ex-sniper sai da reforma; é incriminado por um crime que não cometeu; corre mil mundos para limpar o seu nome. É a mesma fórmula que a série segue, que retira qualquer originalidade, o que a torna demasiado previsível, com um claro fim à vista.

A série foi renovada para uma segunda temporada.

0 72 100 1
72%
Average Rating
  • 72%

Comments